Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/03/2008 - Última Instância Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Procuradoria investiga nova fraude na escolha de livros na BA


O Ministério Público Federal em Vitória da Conquista (BA) instaurou inquérito civil público para averiguar suspeita de irregularidade na indicação de obras do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) para escolas públicas do município. A denúncia partiu de uma professora que teve o nome utilizado indevidamente na escolha de livros do programa do Ministério da Educação (MEC). Segundo a docente, além de não lecionar as disciplinas indicadas no formulário, ela não integra a direção nem o corpo docente da escola pública, cujo nome foi utilizado na fraude.

O MPF requisitou informações ao MEC e ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) sobre os indícios de fraude no PNLD e as investigações realizadas para apurá-la. A procuradora lotada na Procuradoria da República em Vitória da Conquista pede que os docentes que tiveram o nome envolvido na suposta fraude procurem o MPF na cidade para prestar informações a fim de subsidiar as investigações em curso. A Procuradoria fica na Rua Góes Calmon, 330 – Centro, telefone (77) 3421-4104.

A Procuradoria da República em Vitória da Conquista é a segunda unidade do MPF na Bahia que passa a investigar os indícios de fraude. Em 27 de fevereiro, o MPF/BA requisitou o apoio da Polícia Federal na apuração do caso. Com o pedido de inquérito policial, as denúncias que já vêm sendo investigadas pelo ofício de patrimônio público do MPF/BA desde janeiro, passam a ser apuradas também criminalmente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 221 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal