Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/03/2008 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presa quadrilha especializada em clonar cartões e falsificar documentos


SÃO PAULO - A polícia prendeu uma quadrilha de falsificação de documentos e clonagem de cartões bancários que agia na capital paulista. Sete pessoas foram presas, entre elas uma adolescente de 14 anos. O bando estava sendo investigado há um mês e a polícia conseguiu prender nesta sexta-feira, no estacionamento de um supermercado no bairro do Ipiranga, o casal Adriana Villas boas Bonfim, 33 anos, e José Carlos de Souza Santos, 31, acusados de usar cartão falso para pagar compras.

No momento da prisão, Adriana recebeu o telefonema de outro acusado de integrar o bando e a polícia mandou que ela chamasse o homem ao local. Idmo de Jesus Araújo, 44 anos, chegou ao local pouco depois, acompanhado da adolescente. Detido, ele confessou que falsificava documentos. Na casa dele, na Rua Bom Pastor, foram achados 150 cartões de crédito e débito clonados e diversos documentos falsos, como carteira de identidade, título de eleitor, carteira de habilitação e CPF.

A quadrilha é ainda suspeita de falsificar carnês de IPTU da Prefeitura da Praia Grande, para que o valor pago caísse em outra conta.

Outro acusado, Joselito Silva de Mello, 46 anos, foi preso ao se dirigir à Favela Heliópolis, onde entregaria documentos falsos aos irmãos Josie Alves Bezerra, 33 anos, e Francisco Josie Bezerra, 43.

De acordo com a polícia, todos têm passagens pela polícia por outros crimes. Na casa de Joselito Mello, na Rua Dois de Junho, também no Ipiranga, foram localizadas as máquinas usadas na falsificação de documentos.

O grupo teria lesado mais de mil pessoas.

De acordo com informações da polícia, a quadrilha fazia frentes falsas de caixas eletrônicas de diversos bancos. No momento em que a vítima colocava seu cartão na frente falsa, as informações eram armazenadas e, em seguida, descarregadas em um computador, já no laboratório do Ipiranga.

Ainda segundo a polícia, os cartões eram copiados com a ajuda de um técnico em eletrônica e repassados para outros membros da quadrilha, que se espalhavam e faziam saques ou compras no comércio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 398 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal