Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/02/2008 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Casal "exportava" documentos falsos para vários Estados


Um casal, suspeito de falsificar documentos, foi preso por policiais civis de Londrina, na tarde de quinta-feira (28), Jardim Tropical, na zona norte da cidade. De acordo com o delegado-chefe da 10.ª Subdivisão Policial de Londrina, Sérgio Luiz Barroso, Marlon Diego Robertes, 25 anos, e Josiane Marins, da mesma idade, produziam falsificações para diversos estados do Brasil.

“Recolhemos, com eles, vários tipo de documentos, prontos para serem falsificados, inclusive com fotos de pessoas que contratavam o serviço para os acusados. Equipamentos e suprimentos de informática utilizados para falsificação e R$ 6.192 em dinheiro também foram apreendidos”, afirmou Barroso.

Segundo o delegado, a polícia investigava uma quadrilha de falsificadores. “Chegamos até o casal, fizemos acompanhamento na residência deles durante três dias e, na quinta-feira, quando saíam de casa, o abordamos. Com eles, documentos furtados e duas carteiras de motoristas foram encontrados”, disse.

Barroso explicou também que, dentro da casa, funcionava um escritório com os equipamentos necessários para a falsificação. “Encontramos 70 documentos que estavam em processo de falsificação, com as fotos dos contratantes do serviço ilícito”, contou o delegado.

A polícia informou que pessoas de diversas cidades do estado compravam os documentos com o casal. “Além de ser responsável pelo preenchimento de Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) e da venda de carteiras de motorista, o casal possuía selos e sinais, para falsificação de documentos públicos e particulares”, informou Barroso.

O delegado informou que, no computador encontrado com eles, existiam espelhos de cédula de identidade de todo o Brasil, espelhos de CRLV expedidos pelos Detrans (Departamento de Trânsito) de vários estados, selos e sinais públicos, assinaturas de diversas autoridades, certidões de casamento e de nascimento, talões de cheque, extratos bancários, escrituras de terreno e procurações.

Segundo o delegado, Marlon e Josiane não possuem passagens pela polícia. O casal foi autuado em flagrante por receptação, falsificação de papéis e documentos públicos, posse de apetrechos de falsificação e falsificação de documentos particulares. “Se condenados, eles podem pegar 25 anos de prisão. A polícia investiga a participação de outras pessoas que intermediavam as negociações para outras cidades. Três foram identificadas e vamos pedir a prisão preventiva delas nos próximos dias”, completou Barroso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 229 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal