Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/02/2008 - Agência Financeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ladrões atacam cartões matriz dos bancos


Caixa alerta clientes da primeira página do seu site na Internet

Os ladrões encontraram uma nova forma de conseguir dados confidenciais dos clientes da banca, usando os cartões matriz (cartões com códigos necessários à autorização de operações quando realizadas através da Internet).

O phishing é um método já muito frequente, que passa por enviar e-mails às pessoas identificados como se fossem da instituição bancária a pedir confirmação de dados pessoais e sigilosos. A novidade é que agora os ladrões pedem aos clientes de vários grupos bancários para revelarem não só os seus dados mas também toda a tabela de códigos do cartão matriz.

Vários clientes da CGD, Millennium BCP e Banif receberam este e-mail. Os bancos têm informação e recomendações de segurança nos seus sites direccionadas para os seus clientes, mas a CGD tem mesmo uma referência específica ao cartão matriz na primeira página do seu site.

«Proteja e preserve o seu cartão matriz»

«Para protecção e preservação do cartão matriz deverá ter o mesmo tipo de cuidados que tem com os seus cartões de débito e crédito e com outras credenciais de segurança (PIN, códigos de acesso, etc.)», refere o banco.

A CGD aconselha os clientes a «não guardar informação do cartão em suporte digital, não fazer cópias do cartão ou dos números neles constantes; manter o cartão sempre na posse do titular e não o partilhar com ninguém; preservar a confidencialidade dos números contidos no cartão; não fazer anotações no cartão, em particular informação associável ao contrato Caixadirecta on-line (ex: código de acesso, nº de contrato), à conta ou a qualquer tipo de dado pessoal».

O banco lembra ainda que a perda ou o furto do cartão matriz deverá ser comunicado imediatamente à Caixa para se proceder ao seu cancelamento, de modo a evitar uma eventual utilização abusiva por terceiros.

«Para validar algumas operações, o serviço Caixadirecta on-line solicita 3 dígitos do cartão matriz. Nunca responda a solicitações para introdução de mais do que 3 dígitos ou da totalidade do cartão matriz, porque se trata de fraude», revela.

E conclui que «a Caixa nunca solicita dados de segurança (códigos de acesso e cartão matriz) ou outro tipo de informação confidencial através de mensagens de e-mail, telefone ou outro tipo de contacto. Nunca se deve responder a este tipo de solicitação porque se trata de fraude».

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 265 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal