Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/02/2008 - A Tarde Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatários presos em Ilhéus davam golpes até em São Paulo

Por: Ana Cristina Oliveira


Quatro homens foram presos em Ilhéus, a 467 km de Salvador, acusados de integrar uma quadrilha que deu golpes no comércio da cidade e também em Itabuna e em São Paulo. Herbert de Jesus Santana, 22 anos, Ricardo dos Santos Araújo, 26 anos, José Vecton Morais Silva, 27 anos, e Adenilson Oliveira Alves, de 39 anos são apontados como integrantes de uma quadrilha que falsificava carteiras de identidade e contracheques para financiamento de compras em nome de laranjas.

O valor total dos prejuízos causados pelo bando não foi revelado. A delegada de Furtos e Roubos de Ilhéus, Andréa Oliveira, que investiga o caso, já identificou alguns estabelecimentos comerciais lesados, como uma grande rede de venda de eletrodomésticos e eletro-eletrônicos e uma loja de aparelhos celulares, em Itabuna. No local, os falsários adquiriam aparelhos em planos pós-pagos, cujas contas não foram pagas.

A delegada revelou que já identificou o homem que seria o responsável pela falsificação das carteiras de identidade, cujos dados são fictícios. Segundo Andréa Oliveira, Herbert Santana e Ricardo Araújo também estão envolvidos no "golpe do carro usado", aplicado em São Paulo. A delegada explica que, para o golpe, o estelionatário anuncia em jornais a venda de carros da capital paulista e, após contado com as futuras vítimas, solicita o depósito de uma "entrada" para garantir a compra, que nunca era efetivada. Para o golpe, foram usadas contas-correntes de agências bancárias em Itabuna. Ricardo e Herbert retiravam de 5% a 10% de comissão e a maior parte do dinheiro ficava para um outro integrante da quadrilha, em São Paulo. O uso de contas bancárias em Itabuna, segundo a delegada, seria uma forma de dificultar o rastreamento do dinheiro. Os quatro estão na carceragem do Complexo Policial de Ilhéus e foram indiciados por estelionato e formação de quadrilha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 249 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal