Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/02/2008 - AFP Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Alemanha pede colaboração de Mônaco na apuração de fraudes fiscais


BERLIM (AFP) — A Alemanha pediu a cooperação do príncipe Albert de Mônaco na luta contra a sonegação, que chegou às raias de um escândalo em Berlim, num momento em que a investigação realizada contra o paraíso fiscal de Liechtenstein se internacionaliza.

A chanceler Angela Merkel encontrou-se nesta quarta-feira com o príncipe Albert II na capital alemã, como parte de uma visita prevista há algum tempo. O governo alemão comunicou que aproveitaria para pedir mais cooperação de Mônaco, assim como dos dois outros paraísos fiscais europeus, Liechtenstein e Andorra.

O governo alemão pediu na sexta-feira que esses três microestados "corrigissem as práticas que tornam atrativa a fraude fiscal".

De acordo com Berlim, Mônaco, Liechtenstein e Andorra não respeitaram um compromisso tomado por todos os membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) de adotar antes de 2005 normas comuns contra as práticas fiscais não-competitivas.

Cerca de 40 Estados no mundo são considerados paraísos fiscais, definidos pela OCDE de acordo com quatro critérios.

O primeiro são impostos insignificantes ou inexistentes, acompanhados por outros três fatores: a falta de transparência do regime fiscal, ausência de troca de informações com outros Estados e a atração de empresas que efetuem atividades fictícias.

Alguns desses países se comprometeram a aumentar a transparência e o intercâmbio de informações com a OCDE, enquanto outros, como Mônaco, continuam se negando a enviar informações. Segue a lista desses países:

Anguila

Antígua e Barbuda

Antilhas Holandesas

Aruba

Bahamas

Bahrein

Barbados

Belize

Bermudas

Chipre

Dominica

Gibraltar

Granada

Guernsey

Ilhas Caimans

Ilhas Cook

Ilhas Marshall

Ilhas Maurício

Ilhas Virgens britânicas

Ilhas Virgens dos Estados Unidos

Jersey

Libéria

Maldivas

Malta

Montserrat

Nauru

Niué

Panamá

Samoa

São Cristóvão e Nevis

Santa Lúcia

São Marinho

São Vicente e Granadinas

Seicheles

Tonga

Turcas e Caicos

Vanuatu

Três Estados permanecem não-cooperativos, segundo a OCDE

Andorra

Liechtenstein

Mônaco

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 232 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal