Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/02/2008 - Gazeta de Limeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem condenado por desviar energia elétrica


O juiz da 2ª Vara Criminal de Limeira, Luiz Augusto Barrichello Neto, condenou um homem a 2 anos de reclusão, pena revertida em prestação de serviços comunitários, por desviar energia elétrica de uma escola vizinha aos fundos de sua casa, na rua Sete de Setembro, no Centro.
Na denúncia apresentada pelo Ministério Público (MP), J.L.S. estava sem energia elétrica em sua residência quando, em março do ano passado, escalou o telhado do prédio vizinho, removeu algumas telhas, entrou na escola e fez uma ligação clandestina, popularmente conhecida como “gato”.
J. teria desviado energia até o mês de setembro. Sua esperteza ruiu em setembro, quando uma funcionária da escola observou uma pessoa passando do telhado da escola para o muro da casa vizinha e acionou a Guarda Municipal.
O GM que atendeu o chamado entrou na escola e, nos fundos do estabelecimento, avistou as fiações saindo do interior da unidade em direção à residência que ficava na rua dos fundos. Disse ter verificado que alguns cômodos da moradia não tinham energia elétrica e que a descrição de J. batia com as características físicas que tinha como informação.
À Justiça, J. confirmou que fez o “gato” e que, no dia do flagrante, estava desligando-a. Ele foi enquadrado no artigo 155, parágrafo 4 e inciso 2, por furto qualificado mediante fraude, escalada ou destreza. J. cumprirá a pena em regime aberto, com prestação de serviços comunitários e deverá se recolher até as 22h e nos horários em que não estiver trabalhando. (RS)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 211 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal