Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/02/2008 - Açoriano Oriental Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Governo de Londres compra lista de britânicos suspeitos de fraude fiscal


O governo britânico comprou junto do informador na origem de um inquérito sobre um caso de fuga ao fisco sem precedente na Alemanha uma lista de 100 personalidades britânicas também suspeitas de evasão fiscal no Liechtenstein.
A revelação é feita hoje pelo Financial Times que precisa que este informador, um antigo empregado no Liechtenstein do banco fiduciário LGT-Treuhand, recebeu 100.000 libras (133.000 euros) das autoridades britânicas para entregar esta lista de 100 nomes.
Fontes anónimas no seio do governo britânico, citadas pelo Financial Times, qualificam esta lista de "mina de ouro". A fraude que diz respeito a estes cem ricos britânicos, incidira sobre 100 milhões de libras (133 milhões de euros), segundo o FT.
A lista "foi adquirida nas últimas semanas", embora tenha sido oferta ao governo de Londres já em 2006, segundo as mesmas fontes.
Um porta-voz dos serviços fiscais britânicos sugeriu que Londres esperara para ver o que outros países, a Alemanha nomeadamente, faziam desta lista antes de agir.
"Trabalhamos com os outros países neste projecto", declarou este porta-voz ao Financial Times. "Somos prudentes. Não pode haver precipitação neste tipo de coisas. Queriamos assegurar que o dinheiro público estava a ser bem gasto", acrescentou.
As autoridades fiscais britânicas começaram a escrever às pessoas cujos nomes constam desta lista, indica o FT.
Segundo uma fonte oficial alemã, que optou pelo anonimato, o informador renunciara em 2006 a vender os documentos na sua posse, considerando que os britânicos tinham tardado demais a dar uma resposta.
Berlim reconheceu a uma semana que os serviços secretos alemães pagaram, com o aval do governo, entre 4 a cinco milhões de euros a este informador para adquirir os dados bancários provenientes do Liechtenstein.
Um milhar de alemães afortunados, entre os quais "personalidades chaves", encontram-se sob suspeita de ter escondido do fisco até 4 mil milhões de euros, investidos em fundações no Liechtenstein onde a carga fiscal é mínima.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 234 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal