Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/02/2008 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF indicia 25 por esquema de compra e venda de diplomas


A Polícia Federal em Mato Grosso do Sul indiciou, nesta segunda-feira(18), 25 pessoas acusadas de participar de um esquema de compra e venda de diplomas. A maioria dos envolvidos é de funcionários públicos do Estado.

O caso foi investigado por dois anos e meio em Dourados. Ao todo foram indiciados 33 servidores que fazem parte da Agência Penitenciária do Estado. Eles são acusados de comprar diploma de graduação de uma faculdade na região Sul do estado. O inquérito já está nas mãos do Ministério Público Federal.

Segundo a Polícia Federal, agenciadores facilitavam o esquema e coordenavam as fraudes em Campo Grande. A maioria dos certificados falsos era dos cursos de pedagogia e letras. O suposto aluno pagava e recebia o documento sem freqüentar as aulas.

Outros três funcionários da faculdade que fornecia o diploma também foram indiciados. Segundo as investigações, eles cobravam R$ 5 mil por um pacote que incluía certidão de conclusão de curso e histórico escolar. Os envolvidos responderão por estelionato e falsificação de documento e podem pegar até 11 anos de detenção.

A atual diretoria da Agência Penitenciária afirma que todos os funcionários envolvidos foram afastados. Diz também que só vai abrir inquérito administrativo contra os funcionários depois que receber cópias do inquérito da PF. Este mês dois funcionários já foram demitidos da agência porque apresentaram diplomas falsos de uma faculdade do interior de São Paulo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 216 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal