Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/02/2008 - O Diário de Mogi Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher acusada de aplicar golpes

Por: Laércio Ribeiro


"Eu fiz as compras para sobreviver, estou desempregada e vinha agindo assim há oito meses", disse, na tarde de ontem, a O Diário Maria Lindete dos Santos, 42 anos, que explicou ser mãe de um filho, de 16 anos. Na casa dela na Rua Nosso Senhor do Bonfim, 252, no Jardim Rodeio, os investigadores do Distrito Dr. Ari D’Antraccoli, seguindo orientação do delegado titular Benedito Henrique Righi Queiroz encontraram 8 carimbos utilizados em carteiras profissionais, 6 espelhos de identidade e 11 cartões bancários em diversos nomes.

Os policiais Celso, Carlos e Cláudio, liderados pela investigadora chefe Márcia Botelho também apreenderam grande número de mercadorias como colchão, microondas, aparelhos de som, computadores, cortinas e tapetes. O prejuízo ultrapassa R$ 30 mil. A advogada de Maria, Maria Sônia Bispo não quis se manifestar.

"Ela sobrepunha a sua fotografia na carteira de identidade e saía no comercio de Mogi e Região fazendo compras, acreditamos que vamos esclarecer muitos golpes", ressaltou o escrivão chefe Henrique Botelho. Ele e a escrivã Noeli elaboraram o auto de prisão em flagrante contra a acusada por falsificação de documento particular e corrupção.

"Nós chegamos na casa e ela vendo que seria presa nos ofereceu dinheiro, que ia buscar com amigos", explicou o investigador Carlos.

O delegado Queiroz observou que "aplicando os golpes ela (Maria Lindete) ganhava mais de mil reais por semana". Alguns dos produtos obtidos de maneira fraudulenta eram vendidos a baixo custo.

Entre as vítimas de Maria Lindete estão as Casas Bahia, C&C e Hipermercado Shibata. A investigadora Márcia Botelho contou que "há um rapaz que vendeu para a mulher pneus e recebeu dela um cheque clonado".

A Polícia, que prossegue nas buscas, constatou que Maria Lindete já tem antecedentes criminais por estelionato, sendo que foi indiciada três vezes em Poá e uma em Mogi.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 376 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal