Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/02/2008 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presa quadrilha que aplicava golpes


A Polícia Civil prendeu, na manhã de ontem, uma quadrilha que aplicava golpes através de empréstimos consignados utilizando dados pessoais de funcionários públicos obtidos através do sistema de informática de uma empresa corretora desses empréstimos.

Das quatro pessoas que foram detidas, três eram primos. Nenhum deles tinha passagem pela polícia. Marcelo Raimundo do Nascimento, de 18 anos, era o cabeça dos criminosos. Ele coordenava os trabalhos e fazia as transações via internet.

Há algum tempo, Marcelo foi demitido de uma corretora de empréstimo. Atualmente ele estava empregado em outra empresa do ramo e, através dela, conseguiu acessar informações pessoais de funcionários públicos para concretizar o crime.

O delegado Marcos Alvarez, do Cisc Planalto, disse que essas empresas especializadas em empréstimos para funcionários públicos estaduais recebem informações repassadas pela Secretaria de Estado de Administração (SAD). Na avaliação de Alvarez, esse processo pode ser perigoso e facilitar crimes como esse.

Após feito o cadastro, a quadrilha contratava algumas pessoas que serviam de “laranjas”. Elas emprestavam a conta concorrente, onde o dinheiro era depositado e posteriormente recebiam uma comissão sobre esse valor. Segundo as investigações, estima-se que mais de 30 pessoas estavam envolvidas no esquema e também devem ser indiciadas por crimes de estelionato e formação de quadrilha.

O delegado destaca que os funcionários públicos que tiveram os dados usados no esquema não serão lesados, já que a quadrilha detinha informações privilegiadas que eram conseguidas através do chefe do esquema. Os bancos repassavam o dinheiro para a conta bancária dos “laranjas” mesmo sem a assinatura de documentos.

Com a quadrilha, foram apreendidos quatro veículos: duas caminhonetes, sendo uma Mitsubishi Pajero e um Chevrolet S 10, um Pálio e um Celta, avaliados em quase R$ 200 mil. A investigação aponta que os criminosos agiam desde maio de 2007 e desviaram aproximadamente R$ 500 mil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 252 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal