Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

12/02/2008 - Revista Consultor Jurídico Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Advogado é condenado por forjar acusações contra empresas

Por: Claudio Julio Tognolli


O advogado William Lerach, um dos mais famosos dos Estados Unidos, foi condenado a dois anos de prisão por ter sido a peça-chave de um esquema de fabricação de processos contra grandes empresas americanas. Lerach é ex-sócio do Milberg Weiss, um dos maiores escritórios de advocacia de Nova York. As informações são do site Findlaw.

William Lerach, de 61 anos de idade, também deve cumprir, após a pena, dois anos de liberdade condicional, mil horas de serviços comunitários e tem de pagar fiança de US$ 250 mil. O advogado ainda foi condenado a pagar indenização de US$ 7,7 milhões ao sistema judicial dos Estados Unidos. “Esse esquema corrompeu uma empresa de advocacia da pior forma possível”, escreveu o juiz John Walter.

Segundo as autoridades, o Milberg Weiss, antigo escritório de Lerach, lucrou cerca de US$ 250 milhões em 20 anos, ajuizando processos em nome de pessoas que forjavam ser vítimas de grandes empresas.

O escritório teria desembolsado mais de US$ 11 milhões comprando essas pessoas para que montassem acusações falsas contra empresas como AT&T, Lucent, WorldCom, Microsoft e Prudential Insurance. Sete pessoas, incluindo três antigos advogados do escritório — Steven Schulman, David Bershad e Seymour Lazar, de 80 anos — também foram investigadas e condenadas.

O advogado William Lerach ficou conhecido por obter vitórias importantes, como uma indenização de US$ 7 bilhões contra a extinta gigante da energia Enron Corp. A Enron foi à falência em dezembro de 2001 depois de descobertas fraudes em seus balanços contábeis.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 262 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal