Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/02/2008 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Apesar de supostas fraudes, Copa da África mantém lógica

Por: Rodrigo Bueno


A Copa da África chega hoje à sua fase semifinal com os quatro times esperados: o atual campeão, o favorito, o país-sede e o melhor em Copas. Isso após uma série de escândalos extracampo que poderiam ter alterado o curso lógico da competição disputada em Gana.

Gana x Camarões e Costa do Marfim x Egito são os clássicos duelos que definirão os finalistas de domingo. Os quatro times sobreviveram a diferentes provações ao longo do torneio.

A Copa da África, em sua fase inicial, já foi abalada por tentativa de manipulação de resultados. A polícia ganense teve acesso a dossiê que apontava propostas de suborno para pelo menos duas equipes, Benin e Namíbia. O técnico de Benin, Reinhard Fabisch, e os atletas da Namíbia denunciaram as ofertas -jogadores receberiam até US$ 30 mil para perder.

No Grupo D, Tunísia e Angola chegaram à rodada derradeira dependendo de um ponto para assegurar vaga nas quartas-de-final. Em jogo de poucas chances e de quase nenhuma motivação, os times ficaram no 0 a 0 e avançaram juntos. Ambos já rodaram no mata-mata.

No Grupo B, a Nigéria alertou para uma possível facilitação da Costa do Marfim para Mali. Os nigerianos dependiam do resultado alheio e apontavam a afinidade lingüística dos adversários (falam francês) como uma das razões para a armação na chave -a Costa do Marfim fez 3 a 0 em Mali e ajudou assim a Nigéria por tabela.

Em meio à disputa, a Confederação Africana de Futebol elegeu o melhor jogador do continente de 2007. Segundo Drogba, atacante marfinense favorito na eleição, houve fraude. Kanouté, atacante do Mali, teria ganho a premiação porque Drogba não aceitou deixar sua equipe para comparecer à cerimônia oficial da entidade.

Kanouté e Nigéria ficaram pelo caminho, e Drogba ajudou a Costa do Marfim a alcançar as semifinais com sobras -passou nas quartas-de-final com um 5 a 0 na Guiné, confirmando a condição da equipe de favorita.

Hoje, os marfinenses terão a chance de se vingar do Egito, algoz do time na decisão da Copa da África de 2006. Na ocasião, os egípcios venceram na disputa de pênaltis (4 a 2) após empate de 0 a 0 no tempo normal.

Drogba, em especial, tem contas a acertar com o goleiro El Hadary, que defendeu a penalidade máxima cobrada pelo astro do Chelsea em 2006.

Na outra semifinal, estarão dois tetracampeões. Gana e Camarões só perdem em número de títulos continentais para o Egito, pentacampeão.

Os camaroneses, africanos mais acostumados com boas campanhas em Mundiais, chegam ao jogo mais cansados -atuaram na segunda-feira, um dia depois de Gana, e ainda passaram por prorrogação contra a Tunísia.

O técnico de Camarões, Otto Pfister, é quem mais reclama da organização da disputa, insinuando um favorecimento ao time da casa, seu adversário hoje. O treinador alega, por exemplo, que apenas Gana fica em hotel cinco estrelas. Os demais times ficariam sem condições ideais até para treinar. Gana atua amanhã de novo em Accra.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 258 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal