Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/05/2006 - TV Cidade / O Estado de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Sinais que indicam fraude no telefone


Dificuldade para completar chamadas telefônicas, linha cruzada e queda de ligações com freqüência, problemas para acessar a secretária eletrônica ou caixa postal, chamadas para números desconhecidos, conta mais cara no fim do mês. Estes são alguns indícios de que alguma coisa pode estar errada com o telefone - seja fixo ou celular.


Fraudes em linhas telefônicas ainda são pesadelo para muitos consumidores. O que ocorreu recentemente com Evandro Bueno, que tem linha fixa da Embratel, do plano Livre, ilustra essa situação. "Tudo corria bem até que começamos a ter problemas para fazer ligações, que não duravam mais do que 40 segundos. Quando recebíamos telefonemas, a linha também caía. A conta aumentou em R$ 100,00". Ele desconfiou que poderia ter sido vítima de fraude após tomar conhecimento de um telefonema que sua mãe atendeu dias antes de os problemas começarem.


"Uma pessoa se identificou como funcionário da Embratel e pediu o código do número de série de aparelho, porque a empresa havia identificado defeito na linha e precisava da informação para resolver", conta. Bueno entrou em contato com a operadora e a linha foi trocada. A Embratel alerta a seus clientes para que não informem o número de série (denominado ESN) por telefone. Ligações desse tipo, esclarece a empresa, não fazem parte dos procedimentos da operadora.


A técnica Marta Cassis Aur, do Procon-SP, conta que casos como o de Evandro Bueno ocorreram com freqüência no segundo semestre do ano passado. "As operadoras não precisam utilizar a linha do consumidor para efetuar qualquer tipo de manutenção. Essas empresas têm linhas internas." A técnica lembra, ainda, que, na época do aumento do número de queixas, as operadoras divulgaram comunicados de alerta.


Anelise Chameh também passou por problema semelhante. A consumidora suspeitou de problemas em duas linhas fixas residenciais em março. A operadora,a Telefônica informou a Anelise que havia sido ativado o serviço de transferência de chamadas - e que apenas o dono da linha poderia ter solicitado. "Eu nunca pedi transferência nenhuma, não conheço esse celular para onde estavam sendo transferidas as ligações que eram feitas para o meu número fixo e eu nem sabia ativar o serviço", diz, indignada, a consumidora.


A operadora alerta aos seus clientes para o fato de que, em ligações feitas por funcionários, nunca pede que sejam digitadas seqüências numéricas com o objetivo de realizar testes. Trata-se de golpe que utiliza o serviço de transferência de chamadas


Em casos assim, o primeiro passo é sempre procurar a operadora. A abertura de um protocolo e a guarda do número são importantes para comprovar a ocorrência se houver necessidade de procurar órgãos de defesa do consumidor ou a Justiça, caso a empresa não solucione o problema.


A dica da advogada Daniela Trettel, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), é que não se dê jamais nenhum tipo de informação em ligações cujo interlocutor se identifique como funcionário de alguma empresa. "O cliente deve desligar, ligar para a companhia e confirmar se aquele procedimento é mesmo iniciativa dela", orienta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 444 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal