Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/01/2008 - Jornal A Tribuna Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário aplica golpe

Por: Marcio Costa


A Central de Polícia (CP) espera identificar, por meio de imagens gravadas nas câmeras de segurança de um banco de Criciúma, o estelio- natário que se passou por funcionário da agência e fugiu ontem com R$ 2,5 mil de uma tradicional loja do país com filial na cidade. Eram 11h45min, quando o criminoso apresentou-se no escritório do estabelecimento e disse que gostaria de trocar moedas e cédulas de menor valor, pois haveria troco sobrando no banco. A gerência da loja aceitou a proposta e acompanhou o homem até o banco. Lá, ele disse que iria pegar o troco e desapareceu.

Segundo a polícia, o estelionatário teria subido até a sala empresarial do banco junto com os funcionários da loja. Mas, em seguida, ao pegar o dinheiro, ele pediu aos empregados que o esperassem um pouco. Enquanto as vítimas aguardavam o suposto bancário, de acordo com a polícia, o falsário aproveitou para sair da agência. Nenhum funcionário do banco ou cliente notou a ação criminosa. "Além das imagens captadas pelo circuito interno de câmeras do banco, vamos analisar cenas filmadas dentro da própria loja", diz o delegado da CP, André Milanese.

Falsário tinha boa aparência

Funcionários da loja disseram à polícia que o homem estava com a barba feita, bem vestido e tinha boa aparência. Consta ainda no boletim de ocorrências, registrado na tarde de ontem, que o estelionatário possui altura de cerca de 1,80 metro, tem idade aproximada de 40 anos, é moreno claro e gordo. Assim que soube das características, a equipe do delegado Milanese deu início às investigações sobre do caso. O inquérito deverá ser concluído em até 30 dias. Até o fechamento desta edição, o estelionatário ainda não havia sido preso.

Especialistas alertam para métodos utilizados

Especialistas em segurança pública alertam a população sobre a aparência dos estelionatários. É comum, por exemplo, esses criminosos se passarem por profissionais liberais. Outro alerta é que os falsários que praticam esse tipo de golpe não têm cara nem idade. Podem ser pessoas jovens, de 20 anos, ou com idade de até 50, 60 anos. Mulheres também estão incluídas no delito, de acordo com a polícia. Muitas vezes, ainda segundo especialistas, são elas que atraem as vítimas para determinados golpes, por se apresentarem bem vestidas e com boa comunicação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 347 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal