Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/01/2008 - cidadeverde.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Piauienses são vítimas do 'golpe do laptop'na internet; prejuízo é de R$ 1 milhão


Uma quadrilha que aplica golpes de estelionato através da internet está atuando em Teresina e em Timon (MA), principalmente em ofertas sedutoras na venda de laptop. Semana passada, o empresário Jack Roberto Silva de Oliveira, 27, foi preso em Ribeirão Preto como suspeita de comandar o crime em vários Estados. Ele foi indiciado por estelionato e formação de quadrilha.

As vítimas fazem compras através dos sites das empresas, sem nunca terem recebido os produtos. Para atrair os consumidores, os produtos eram anunciados com valores abaixo do mercado. A piauiense A.H.O.D, 27 anos, que não quis se identificar, informou ao Cidadeverde.com que desconfiou do golpe quando a empresa não cumpriu com o prazo de entrega do computador.

“Na mesma hora fui por Google procurar saber se mais pessoas estavam com o mesmo problema e fui surpreendida com as graves denuncias contra essa empresa. E de lá pra só venho tendo mais surpresas. Já tentei dias reaver o dinheiro amigavelmente, como prazo acabou eu vou agora é acionar a Polícia Federal”, afirmou A.H.O.D, que é empresária.

Ela disse que pagou no dia 21 de dezembro R$ 1.740,00 pelo computador para a empresa Unique Eletroshop, que em seu site oferece “preços imbatíveis” com 50% de descontos nos notebooks.

A empresária tomou conhecimento, através de fórum das pessoas lesadas, que um timonense foi prejudicado com o golpe. “Eu soube que muitas pessoas que denunciaram conseguiram rever o dinheiro, outras receberam cheque sem fundo e outra parcela não recebeu nenhuma justificativa”, disse a empresária.

Segundo a Polícia de Ribeirão Preto o valor dos golpes pode ultrapassar R$ 1 milhão. O empresário é acusado de ser o verdadeiro proprietário de quatro empresas de Ribeirão que lesaram, pelo menos, 250 pessoas em todo o país: Criart Super Shop, Wimax, Promarketing e Rabisck.

De acordo com a Polícia, o empresário procura empresas de pequeno porte e idôneas e oferece produtos de informáticas. A investigação, já descobriu que o suposto empresário Oliveira já tem 13 passagens na polícia pelo crime de estelionato, em diversas cidades.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 583 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal