Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/05/2006 - BBC Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende um dos traficantes mais procurados do mundo


A Polícia Federal confirmou nesta quarta-feira a prisão do colombiano Pablo Rayo Montano, um dos traficantes de drogas mais procurados do mundo, em São Paulo.
Montano estava foragido há mais de dez anos e foi preso na capital paulista, na terça-feira pela manhã, segundo informou a assessoria de imprensa da Superintendência da Polícia Federal na cidade.

A prisão é fruto de uma operação conjunta entre Brasil, EUA, Colômbia, Venezuela, Equador, México e Panamá, iniciada há aproximadamente três anos.

O traficante mantinha no bairro do Jardins uma galeria de arte, a Pró-Arte, usada para lavagem de dinheiro do tráfico.

Além de Montano, foram presos a sua mulher, o sócio na galeria, Miguel Fridber Felmanas, a mulher do sócio, os três filhos deles e mais quatro pessoas.

De acordo com a agência de notícias Associated Press, as autoridades também apreenderam mais de US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,17 mi) em dinheiro, vários iates, obras de arte e três ilhas que pertenciam a Montano no Panamá.

Segundo a AP, mais de 36 pessoas foram presas ao todo, nos Estados Unidos e outros países da América Latina.

O chefe da polícia colombiana antinarcóticos disse à AP que "estima-se que a organização fornecia cocaína suficiente para abastecer 37 milhões de consumidores".

Chamada Oceanos Gêmeos, a operação tinha como alvo um dos maiores cartéis de drogas que usava barcos e submarinos para contrabandear cocaína e outras drogas de portos clandestinos na costa colombiana.

Eles são acusados de ter traficado mais de 70 toneladas de cocaína para os EUA, diz a AP.

Segundo a Polícia Federal, a extradição do traficante já foi pedida pelos Estados Unidos, mas a data ainda não foi definida.

Todos os presos foram acusados de lavagem de dinheiro, associação criminosa para o tráfico de drogas, evasão de impostos e outros crimes financeiros.

A investigação da Polícia Federal continua.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 475 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal