Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/01/2008 - ComputerWorld Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-CEO da Brocade é condenado a 21 meses de prisão


Gregory Reyes, ex-CEO da Brocade Communications Systems, foi condenado a 21 meses de prisão por ter participado em um esquema ilegal de comercialização de ações da companhia. A informação foi divulgada por agências internacionais nesta quarta-feira (16/01). No início do dia, o juiz Charles Breyer ordenou que Reyes pagasse uma multa de 15 milhões de dólares pelo mesmo crime.

Reyes foi indiciado em agosto do ano passado em uma série de acusações como fraude, conspiração e falsificação de documentos junto à SEC (Securities and Exchange Commission). O executivo é um dos muitos do Vale do Silício acusados por participação em fraudes com ações.

O esquema que contou com a participação de Reyes mudava as datas de opções de ações. Estas opções dão aos funcionários das empresas o direito de comprar ações no futuro pelo preço de mercado da data em que a transação foi aprovada.

Se as ações sobem depois desta data, seu dono pode vendê-las para obter lucro. Mudar a data da transação para um período anterior, quando o valor era mais baixo, aumenta o lucro. Uma companhia pode fazer isso legalmente, desde que reporte em documentos públicos.

“Qualquer prisão de executivos é significativa, pois desestimula outros a adotarem a mesma conduta”, afirmou Charles Élson, diretor do Centro Weinberg para Governança Corporativa, lembrando que a SEC indiciou também executivos de outras grandes companhias de TI, incluindo a Apple.

No caso de Reyes, as autoridades reguladoras alegaram que ele participou do esquema em benefício próprio. “Ele foi motivado a continuar com o esquema, em parte, para enriquecer a si mesmo e seus colegas de empresa”, diz o documento divulgado pela SEC. A Brocade concordou em pagar uma multa de 7 milhões de dólares pelo esquema, embora não tenha admitido ou negado as acusações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 240 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal