Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/05/2006 - O Liberal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

As vitórias da impunidade

Por: Hugo Antônio Ferrari


As constantes vitórias da impunidade vêm humilhando cada vez mais o povo brasileiro. Não há justiça, realmente, para aqueles que praticam toda sorte de desmandos contra o bem público. É só fogo de palha. Ações da Polícia Federal, prendendo implicados e mostradas pela televisão, já não impressionam mais, pois todos sabem que, horas depois, estarão libertados, graças aos benefícios que as nossas leis oferecem.

Sabe quando os processos vão ser julgados definitivamente para condenar ou não os culpados? No dia de 'São Nunca'. Os tribunais estão emperrados. Não funcionam como deveriam. Então, era bem melhor que não prendessem mais ninguém, a fim de não irritar mais a população, cansada de ver esses espetáculos sem o resultado esperado, ou seja, justiça de verdade para os infratores.

Infelizmente, enquanto não se implantar uma legislação mais rigorosa de combate à corrupção, o Brasil estará fadado a continuar sendo saqueado impiedosamente por tempo indeterminado. E o pior de tudo é que a maioria desses crimes é praticada por aqueles que se dizem autênticos e legítimos defensores dos interesses nacionais. Quanta hipocrisia!

Uma das cenas que mais revoltaram a Nação inteira foi a condenação do jornalista Pimenta Neves, assassino confesso da sua ex-namorada, a também jornalista Sandra Gomide. Quando todos esperavam que o réu fosse direto para a cadeia cumprir a pena recebida, por força de mecanismos jurídicos injustos ainda existentes, houve recurso, e o criminoso vai aguardar o pronunciamento do tribunal em liberdade.

Prestes a completar 70 anos, o seu destino definitivo será a prisão domiciliar, com toda mordomia possível, a exemplo do famoso juiz Nicolau, aquele que superfaturou as obras de construção do Fórum do TRT de São Paulo.

Manter Pimenta em liberdade indignou o País e os familiares da vítima, cujo pai, ferido por tamanha brutalidade, em tom de desabafo e de total descrença, disse que para rico não existe justiça. E, realmente, é uma declaração difícil de ser contestada, diante do clima de impunidade que domina o País.

Pelo visto, não percebemos qualquer interesse na mudança efetiva desse estado de coisas. Já era tempo de uma reposta positiva para esta sociedade cansada de aguardar ansiosa por mudanças nas nossas leis que nunca se atualizam.

Quem rouba ou mata o seu próximo de forma estúpida e covarde não deveria, em hipótese alguma, gozar de tantas regalias. Se tiver mandato eletivo ou nível superior, é intocável e o tratamento é vip, além de outras prerrogativas asseguradas. Agora, se uma pessoa simples furtar um objeto qualquer de um supermercado, por exemplo, a condenação é sumária. Vai direto para a prisão. Este é o nosso País, onde as injustiças não param de acontecer. Ao pobre, a cadeia; ao rico, a liberdade!

Alguém já parou pra pensar na 'fábula' de dinheiro que vem sendo desviado criminosamente dos cofres públicos, enquanto milhões de brasileiros vivem permanentemente com a 'corda no pescoço?' Quanto desenvolvimento deixa de acontecer em favor da coletividade por conta dos escândalos? Por mais rico que seja, país nenhum no mundo suporta o tamanho da impunidade que se instalou no Brasil. Agora, a dolorosa pergunta: até quando teremos que conviver com a vergonhosa impunidade mandando e desmandando no Brasil? Que as autoridades respondam para o povo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 416 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal