Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/01/2008 - Gazeta de Limeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Desaparecida há 11 meses, vítima teve carro financiado em seu nome


Quando completar 68 anos no próximo dia 10, o aposentado Raimundo Almeida de Souza, 68 anos, não gostaria de ganhar outro presente além de ter o filho, o soldador Luís Carlos Santos de Souza, 42, de volta. No dia que antecederá o seu aniversário, estará fazendo exatamente um ano que Luís Carlos desapareceu misteriosamente. Desde então, as únicas notícias que Raimundo tem do filho são golpes praticados com o seu nome. O mais recente foi o financiamento de um carro.
Separado da esposa e dos quatro filhos devido ao alcoolismo, Luís Carlos passou a morar com o pai na Rua Dr. José Campos de Camargo, 599, antes de desaparecer em 9 de fevereiro do ano passado. Nesse dia, ele fugiu da clínica de recuperação de dependentes químicos Ebenezer, às margens da Rodovia Anhangüera (SP-330), onde havia sido internado dois dias antes.
Luís Carlos desapareceu da clínica apenas com a “roupa do corpo”, segundo diz o idoso. As outras mudas de roupa que havia levado para o local ficaram no alojamento. Sem saber de seu paradeiro, ele registrou queixa de desaparecimento dois dias depois. O soldador foi procurado exaustivamente em casas de parentes de Limeira e até outras cidades, mesmo distantes.
Raimundo não tem idéia do que pode ter ocorrido com o filho, mas tem esperança de reencontrá-lo com vida. Ele suspeita que Luís Carlos pode estar desmemoriado em algum local, e por isso, não procurou a família ou o caminho de volta. “Já ocorreu de ele ficar sem saber quem era, quando bebia e saía por aí. Mas depois recobrava a memória e voltava pra casa”, relatou.

ESTELIONATO

As preocupações ficaram mais fortes quando o idoso recebeu uma multa por infração de trânsito de um veículo Palio EX (placas COM-5183/Limeira), que estaria em nome de seu filho. Curioso com a cobrança, ele procurou a 35ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) para saber mais e foi informado que o carro em questão estava de fato financiado em nome de seu filho.
O financiamento fiduciário do veículo, ano 98/99 ocorreu em 4 de maio do ano passado através do Bando Itaú/SA, mas ele não sabe em que revenda de usados. “Achei que quando ele tinha desaparecido, seus documentos haviam ficado em casa, mas não os achei”, disse. Com isso, ele acredita que os golpistas utilizaram os documentos de Luís Carlos para financiar o carro.
O veículo permanece em poder do golpista, e cometendo infrações. Junto com a cobrança da multa de R$ 127,20 encaminhada em 10 de dezembro do ano passado à residência da vítima, há informe de infrações cujos valores acumulam R$ 657,62. “Como é que o banco vai autorizando uma venda de carro pra alguém sem checar se de fato é aquela pessoa?”, questiona.
Durante o dia de ontem, Raimundo deslocava-se entre as delegacias onde havia registrado queixa do desaparecimento e estelionato (respectivamente o 4º e 2º DP) e a Ciretran, na tentativa de pedir o bloqueio do veículo em questão. Sua esperança é que o carro seja abordado pela polícia e o condutor possa informar sobre Luís Carlos. “Não sei outro modo” disse o idoso.
Raimundo tem certeza que seu filho não comprou esse veículo, pois além de não ter condições, nunca teve carro nem sabia dirigir. Também não sabe de que forma a documentação dele caiu nas mãos de estelionatários. Informações sobre o paradeiro de Luís Carlos podem ser fornecidas à família através do telefone (19)3445-6985, em Limeira ou mesmo pelo 190, da PM.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 288 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal