Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/01/2008 - Gazeta de Limeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operação aponta 100% das lan houses na ilegalidade


A operação estadual da Polícia Civil, realizada em Cordeirópolis, fechou todas as lan houses instaladas no município. Ao todo 64 CPUs foram apreendidas durante a ação que aconteceu na tarde de anteontem. No ato da vistoria 60 adolescentes estavam no estabelecimento sem autorização dos pais.
A ação foi encabeçada pelo delegado Luis Roberto Villela. Segundo ele, as apreensões foram encerradas às 17h e dos cinco estabelecimentos averiguados todos foram fechados por irregularidades como pirataria de softwares (uso de direitos autorais e falsificação) e por falta de alvará de funcionamento.”Na maioria das lan houses os jogos haviam sido instalados através de DVDs piratas. Softwares como excel, word, powerpoint, entre outros eram instalados nas máquinas de maneira ilegal”.
Villela explicou que com a apreensão das CPUs uma perícia terá início,onde acontecerá a apuração para descobrir a origem das máquinas. Caso elas sejam ilícitas o ato correponde a crime de descaminho e os proprietários dos estabelecimentos podem cumprir pena de reclusão de 1 a 4 anos. “A falsificação de softwares consiste na lei federal de número 9.609 e o crime de direitos autorais está previsto como crime no Código Penal artigo 184”, detalhou.

SEM AUTORIZAÇÃO

Ao todo 60 adolescentes (entre 12 e 16 anos) estavam nos estabelecimentos no momento da batida. Todos estavam sem autorização dos pais, sendo encaminhados ao conselho tutelar da cidade e posteriormente entregues para os seus responsáveis.
Participaram da ação duas pessoas do conselho tutelar, membros do conselho da criança e do adolescente e quatro policiais civis. Segundo Vilella, das cinco lan houses apenas uma possui alvará de funcionamento.
A batida foi em todo município, porém os estabelecimentos ficaram localizados no Centro (2) e no bairro do Jardim Progresso (3).
Ainda de acordo com Villela, caso os computadores não sejam de origem ilícita a ordem é que os estabelecimentos regularizem as máquinas, instalando no equipamentos os softwares originais ou então o Linux - sistema operacional gratuito.
Em Cordeirópolis essa foi a primeira vez que aconteceu uma operação focando as lan houses. (LC)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 396 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal