Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/01/2008 - Gazeta de Limeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empréstimos consignados com novas regras


O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) autorizou ontem aos aposentados e pensionistas, a reabertura do processo de concessão de crédito consignado com desconto em folha. Desde o último dia 2 de janeiro, os empréstimos estavam suspensos para que o sistema fosse adequado às novas regras. A resolução com as normas foi publicada ontem no Diário Oficial da União.

A partir de agora, de acordo com a assessoria do Ministério da Previdência, os aposentados poderão parcelar o empréstimo consignado em até 60 meses. Antes o limite era de 36 parcelas. Outra mudança é o limite máximo de 20% do valor de benefício que pode ser comprometido com as parcelas mensais de pagamento do crédito na modalidade tradicional (na qual o dinheiro é creditado em conta bancária) e de 10% para operações consignadas por meio do cartão de crédito.
O intuito das medidas não é restringir o empréstimo aos aposentados, e sim, estimular o uso de cartão de crédito nesta modalidade, já que este é mais seguro e protegido contra fraudes. Os juros que podem ser cobrados no crédito tradicional é de 2,64% ao mês e no cartão é 3,70% ao mês.

EVITAR

Para a presidente da Associação dos Aposentados de Limeira, Nair Gentil Faco, o empréstimo só deve ser feito em caso de extrema urgência. “As pessoas devem pensar bem antes de fazer um empréstimo, por exemplo em um caso de doença. Caso contrário, ela deve tomar muito cuidado porque as vezes empréstimo vira uma bola de neve”, explica.
Nair cita que a extensão do parcelamento do empréstimo só vai fazer com que o aposentado se endivide mais. “O prazo fica muito longo e os juros vão aumentando”. Outro ponto relevante, de acordo com a presidente da associação, é que muitos aposentados fazem empréstimos para parentes. Na maioria dos casos o crédito não são para eles. “E no fim, eles acabam com o nome sujo”, fala.
Nair frisa que o aposentado deve ficar atento na hora de se fazer o empréstimo.”A pessoa deve procurar um banco de confiança e não deve fazer em qualquer lugar. Além disso, nunca passar dados e nem fazer empréstimos por telefone”, cita. (CT)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 262 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal