Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/01/2008 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionato é o crime da vez na temporada do Litoral paranaense

Por: Carlos Simon


Numa Operação Verão relativamente tranqüila nos primeiros 20 dias, uma modalidade de crime se destaca no Litoral paranaense. O aumento do movimento de dinheiro nas praias atiçou os estelionatários, que assim como os turistas migram na alta temporada.
Desde o início da Operação, em 19 de dezembro, 13 acusados de estelionato foram presos pela Polícia Militar. Não há estatística comparativa com outros anos, mas de acordo com o capitão Adonis Nobor Furuushi, relações públicas da PM na Operação Verão, o número de ocorrências deste tipo nunca foi tão grande. “É o tipo de criminoso que acompanha o fluxo de dinheiro e aparece mais com o Litoral bastante movimentado”, afirma.

A última prisão ocorreu no dia 4, sexta-feira. Uma mulher tentou pagar uma conta de R$ 350 com cheques falsos, num mercado no centro de Matinhos. Ela apresentou uma carteira de identidade adulterada, com o mesmo nome inscrito nas folhas repassadas. Ela é suspeita de ligações com uma quadrilha que confeccionava talonários de cheques e documentos falsos. Cinco membros do bando – cuja base ficava em Curitiba – foram presos entre o Natal e o Ano Novo. “Ainda investigamos se há uma grande quadrilha agindo no Litoral ou se são bandos menores independentes”, diz o oficial.

Enquanto correm atrás dos estelionatários, as polícias até agora têm conseguido controlas crimes mais graves. Durante a Operação Verão, apenas um homicídio foi registrado no Litoral – um jovem de 24 anos foi morto a tiros no centro de Matinhos, na madrugada de 31 de janeiro. O crime foi atribuído a um acerto de contas entre moradores locais, e o suposto autor, de 17 anos, foi preso no mesmo dia. “Não houve nenhum latrocínio, briga generalizada ou outras situações mais ofensivas. Pelo fluxo de turistas, os números estão bem abaixo das expectativas. Quem trabalha há alguns anos na Operação Verão têm a nítida noção de que as coisas melhoraram”, diz o capitão.

Segundo associações que representam comerciantes do Litoral, pelo menos 1,5 milhão de pessoas estavam no Litoral no feriado mais movimentado até agora, o de Ano Novo. As concessionárias de rodovia e polícias rodoviárias registraram aumento de 20% a 40% no número de veículos que circulam pelas praias do Paraná, em relação à temporada passada.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 283 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal