Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/01/2008 - 24 Horas News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Sobrinho de senador preso por estelionato é reconhecido em outros 5 golpes

Por: José Ribamar Trindade


O estelionatário Lacerlan Medeiros de Oliveira, 25 anos, foi indiciado em outros três inquéritos policiais no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc-Oeste), no bairro Verdão de Cuiabá em outros três golpes de crime de estelionato. Hoje, após a publicação das fotos no Jornal Folha do Estado, dele, e do ex-candidato a deputado estadual Abrão Gomes Bezerra Neto, 25 anos, sobrinho do senador Carlos Bezerra, e de Deolindo Leopoldino Fonseca, o “Preto”, 30 anos, pelo menos oitos pessoas procuraram a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DRRFV), para fazer um reconhecimento pessoal dos três em outros golpes de estelionato.

Os três, que já estavam presos em flagrante em crime de estelionato por terem comprados dois tratores com cheques roubados e sem fundos, vão ser indiciados em pelo menos mais cinco inquéritos criminais, todos em crime de estelionato pelo delegado Francisco Kunze, da equipe de investigações do Cisc-Oeste.

As novas denúncias, inclusive oficializadas por reconhecimento através de fotos, e pessoalmente, foram feitas aos delegados Roberto Amorim, titular da DRRFV e Anderson Veigas, presidente do primeiro flagrante de estelionato contra Abrão Gomes, Lacerlan Medeiros e Deolindo Fonseca


Segundo as novas vítimas, os três estelionatários “derramaram” cheques sem fundos para comparar gado: boi e vaca; cavalo, carneiro e computadores. “O Lancerlan já está indiciado em três inquéritos de estelionato, mas nós ainda estamos recebendo, pelo menos outras cinco vítimas enviadas pela Roubos e Furtos de Veículos”, confirmou o delegado Douglas Turíbio, coordenador geral do Cisc-Oeste.

ENTENDA O CASO - Investigadores da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DRRFV), prenderam o empresário Abrão Gomes Bezerra Neto, 25 anos, sobrinho do senador Carlos Bezerra e ex-candidato a deputado estadual nas últimas eleições em Mato Grosso pelo PPS. Abrão Bezeera, que já tem passagens pela Polícia por estelionato e adulteração de documentos, foi preso junto com Deolindo Leopoldino Fonseca, o “Preto”, 35 anos, e Lacerlan Medeiros de Oliviera, 25 anos.

“Preto” também já tem passagens pela polícia em crime de roubo - assalto à mão armada -, e Lancerlan estava sendo procurado pela Justiça através de mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Chapada dos Guimarães em crime de porte ilegal de arma de fogo. Os três foram autuados em flagrante neste final de semana em crime de estelionato.

Segundo a delegada Cleibe Aparecida de Paula, da equipe de investigações da DRRFV, presidente do flagrante, o trio foi cercado quando tentava descarregar um trator em uma oficina localizada na Avenida Júlio Campos, em Várzea Grande. O trator, segundo a polícia, foi comprado com cheques roubados de uma cooperativa de crédito em Cuiabá recentemente.

Além do trator apreendido em Várzea Grande, o investigador Júlio Jesus, chefe de operações da DRRFV, também está fazendo contato com a Polícia Civil de Juína (Norte, a 850 quilômetros de Cuiabá), na tentaiva de apreender um segundo trator, também comprado pelos três acusados com cheques roubados. A polícia também não descarta que existam outras transações envolvendo a compra de tratores e outros veículos.

Quando investigadores da DRRFV cercaram a loja em Várzea Grande para prender os três acusados, Deolindo tentou fugir do local na camionete F-250 preta, ano 2007, placa KAU-2576, de Campo Verde (MT). O veículo, segundo Túlio, está em nome de uma mulher, mas teria sido comprada por Abrão Gomes Bezerra.

A polícia agora faz perícia técnica na camioneta que Abrão Bezerra afirmou ser de sua propriedade, para confirmar a origem do veículo. “Os três foram autuados em flagrante em crime de estelionato. Os cheques que eles pagaram a compra de dois tratores são de uma pessoa que mora em São Paulo e podem ter sido roubado de uma malote de uma empresa de valores em Várzea Grande”, ponderou a delegada Cleide de Paula.

FALSOS RICOS - Bem vestidos, boa pinta e circulando em carro de luxo, principalmente Abrão Gomes Bezerra Neto, o trio não deixava dúvidas para os clientes que eram pessoas honestas e muito bem de situação financeira. No final do mês passado eles compraram um trator e pagaram com alguns cheques pré-datados.

Na sexta-feira eles voltaram ao mesmo local e compraram o segundo trator de Rida Lécio, pagando R$ mil com mais cheques parcelados. A vítima desconfiou e registrou uma queixa-crime na cidade de Rosário Oeste (distante 150 quilômetros de Cuiabá).

O primeiro trator já havia sido vendido e entregue na cidade de Juína. O segundo, de acordo com a polícia, teria o mesmo destino. “O Abrão gosta de aparecer. Todas às vezes em que ele é abordado pela polícia chega logo dizendo eu sou o Abrão Bezerra”, conta Túlio, chefe de operações da DRRFV.

Para a reportagem do Abrão tentou ser ainda mais poderoso: “Não coloca o meu nome de Abrão Gomes Bezerra. Coloca só Abrãe Neto que ninguém conhece”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1591 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: ALCINDO JOSE RAFAELLI - 23/11/2009 15:59

AQUI EM AGUA BOA FUI VITIMA DESTE CIDADÃO QUE LEVOU MEU GOL PRATA 04 PORTAS PLACA ANA 3863 SP COMO SE ALUGADO FOSSE CUIDADO AO COMPRAR ESTE VEICULO POIS ELE É MEU E EU ESTOU C/ MUITA RAIVA DESTE CIDADÃO



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal