Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/12/2007 - Agência Estadual de Notícias PR Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende suspeito de dar golpes com cartões de crédito falsificados em 5 estados


Fábio Junior Passareli, 22 anos, considerado o um dos maiores golpistas de cartões de créditos do Paraná, foi preso, na manhã de domingo (23), em Guaraci, Norte do Paraná, por policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Passareli já causou prejuízo de mais de R$ 500 mil às operadoras de cartões de crédito. Ele teria aplicado golpes também no Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo.

“Ele era considerado pelas operadoras de cartões de crédito como o principal articulador de golpes envolvendo cartões de crédito no Estado. Foi um trabalho excelente do Cope, que deve diminuir muito o prejuízo às operadoras de cartões de crédito”, afirmou o secretário da Segurança, Luiz Fernando Delazari.

Segundo o delegado-chefe do Cope, Miguel Stadler, no Paraná, Passareli costumava atuar nas regiões de Londrina, Maringá e Apucarana. “Essas cidades foram os maiores alvos das compras com cartões falsos do Passareli aqui no estado”, contou Stadler.

DOCUMENTOS – O delegado operacional do Cope, Francisco Caricati, que coordenou as investigações, informou que Passareli falsificava documentos de comprovantes de residência e de renda para conseguir os cartões de crédito. “Ele conseguia contas de luz e contracheques de outras pessoas e os falsificava, colocando seu nome nos documentos. Essas pessoas tinham o cadastro pré-aprovado nas empresas de cartões, assim ele conseguia os cartões”, explicou. De acordo com Caricati, a polícia ainda investiga como ele conseguia os documentos e os cadastros. “Suspeitamos que haja algum funcionário das empresas ou de bancos que repassem as informações para ele”, afirmou Caricati.

As investigações começaram quando há cerca de três meses, quando as operadoras de cartões de crédito detectaram a fraude e a denunciaram ao Cope. “Iniciamos a investigação e, com o auxílio das operadoras, conseguimos colocá-lo atrás das grades”, afirmou Caricati. Há 60 dias, a polícia tentou prender Passareli, mas ele conseguiu escapar. “Encontramos na casa dele 15 cartões de crédito em seu nome e em nome de seus familiares”, informou o delegado Stadler.

Passarelli foi autuado por estelionato e deve ser encaminhado para o Centro de Triagem, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba.

RANKING – Depois de o Cope prender, em agosto deste ano, quatro pessoas acusadas de integrar uma quadrilha especializada em fraudar e revender cartões de crédito, usados para fazer grandes compras no Paraguai, Argentina e em Miami (USA), o Paraná caiu para a 15.ª posição no ranking de estados com mais golpes envolvendo cartões de crédito.

Segundo a polícia, a informação é da administradora Itaucard, que registrou o ranking ao lado de operadoras de cartões de crédito como Visa, Mastercard e American Express. O Paraná ocupava o terceiro lugar no ranking, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com o delegado-chefe do Cope, Miguel Stadler, a ação da polícia que prendeu a quadrilha em agosto foi responsável pela queda positiva e a ação que prendeu Fábio Junior Passareli neste domingo (23) deve fazer com que o Paraná caia no ranking de maneira mais acentuada. “Com a prisão de Passareli com certeza vão diminuir ainda mais as fraudes com cartões de crédito”, afirmou o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 288 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal