Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/12/2007 - Agência Estadual de Notícias PR Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cinco suspeitos de passar cheques falsos no comércio do litoral são presos pela polícia


Cinco suspeitos de integrar uma quadrilha de estelionatários foram presos pela Polícia Militar em Matinhos, no litoral do Paraná, na noite de domingo (23). De acordo com a polícia, o grupo é especializado em falsificar cheques e outros tipos de documentos. Além de prender os suspeitos, a PM apreendeu folhas de cheques falsos, notebooks utilizados para falsificar os documentos, dezenas de documentos falsos, entre carteiras de identidade, CPFs, títulos de eleitor e carteiras habilitação. Foram apreendidas ainda várias notas fiscais de compras realizadas no comércio de Matinhos e Curitiba e quase R$ 3.400 em dinheiro.

No início da noite de domingo, policiais militares que atuam na Operação Viva o Verão em Matinhos foram informados por comerciantes que pessoas estariam tentando passar cheques falsificados no comércio. Os policiais encontraram três suspeitos num supermercado no centro da cidade. Na abordagem, foi constatado que todos portavam documentos de identidade falsos e folhas de cheque também falsas. Sérgio Fernando Riska, 42 anos, Alexandro Pedroso Alves, 28, e Sheila de Lima Ferreira, 27, foram presos em flagrante.

A partir de informações repassadas pelos detidos, os policiais militares localizaram outras pessoas suspeitas de fazer parte da mesma quadrilha. Eles estavam numa casa no balneário de Ipanema, município de Pontal do Paraná, a 25 quilômetros de Matinhos. No local foram apreendidos os computadores portáteis, com programas usados para falsificar diferentes tipos de documentos. Na casa, foram encontradas dezenas de documentos falsos: carteiras de identidade, CPFs, títulos de eleitor, carteiras de habilitação e muitas folhas de cheques falsificadas em branco. Ali a PM prendeu Marcos Alexandre Faria, 29, e Ana Cláudia de Lima, 30. Ela usava documentos falsos.

De acordo com a polícia, nos arquivos armazenados nos computadores portáteis havia arquivos contendo dados cadastrais confidenciais de pessoas físicas, que teriam sido obtidos através do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). A forma como essas informações foram obtidas também está sendo investigado pela polícia. Também foram encontrados arquivos com nomes de várias pessoas e prontos para serem impressos em cheques.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 293 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal