Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/12/2007 - Rádio Grande FM / O Dia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bc retira de circulação quase R$ 16 mi em notas de R$ 50 falsas


Estender contra a luz, pressionar o dedo sobre a figura da República e observar a marca d’água são alguns dos cuidados que se deve ter ao receber uma cédula, principalmente de R$ 50. A nota é a preferida dos falsificadores. De janeiro a outubro, o Banco Central (BC) já retirou de circulação quase de R$ 18 milhões. Deste total, 70% (perto de 313 mil notas) eram cédulas de R$ 50, aproximadamente R$ 16 milhões. Ao receber uma nota deste valor, não se pode pensar duas vezes: é preciso conferir para não ter prejuízo.

Analisar se o dinheiro é verdadeiro na frente do caixa do supermercado, por exemplo, não deve ser motivo de constrangimento.

NOVOS HÁBITOS

Pior é passar a cédula adiante. Isso é crime. Quem tenta recolocar uma nota falsa em circulação, depois de tomar conhecimento da fraude, mesmo que a tenha recebido de boa-fé, pode ser condenado de seis meses a dois anos de prisão. Já a falsificação está prevista no Código Penal como crime e tem pena de três a 12 anos de cadeia.
Pesquisa do BC mostra que o brasileiro não tem hábito de conferir a autenticidade das notas, diferente do comércio que analisa a cédula recebida do cliente. Mas para o diretor da Comissão de Numéricos da Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), Antônio Araújo, o brasileiro está adquirindo novos hábitos. “Nos últimos anos, o BC tem feito campanhas para ensinar a identificar as notas. Hoje, qualquer caixa quando pega uma cédula de R$ 50, faz a análise na frente do cliente”, afirma.
A comerciante Juséia Corrêa perdeu R$ 50 por não ter o hábito de conferir notas. “Mandei fazer um pagamento no banco e depois o funcionário da agência me ligou dizendo que uma nota era falsa. Eles retiveram a cédula e eu fiquei no prejuízo”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 249 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal