Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/05/2006 - NoOlhar.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Além da corrupção, a loucura está banalizada

Por: Fábio Campos


Uma vergonha o depoimento do ex-secretário geral do PT, Sílvio Pereira. Um desrespeito ao País. O sujeito concede uma entrevista e depois se faz de maluco. "Não sei se o que eu falei é verdadeiro ou não é." Que me perdoem os muitos cidadãos de boa índole que estão no PT e permanecem acreditando no partido, mas o petismo banalizou a corrupção e banalizou as CPI's. Agora, qualquer um pode se fazer de maluco para se safar dos questionamentos. Vejam, leitores, as prováveis motivações do tal de Silvinho. A própria Polícia Federal desconfia de que ele deu a entrevista com o objetivo de dar uma prensa no partido. Ou seja, abandonado pela cúpula do PT, o sujeito, que certamente sabe demais, mandou um aviso público. A sinalização de que conseguiu alcançar o objetivo está do conteúdo patético de suas respostas na CPI do Congresso. Nesse sentido, todos nós fomos usados.

MILITANTE PROFISSIONAL COM CASA EM ILHABELA
Há um fato na trajetória de Sílvio Pereira que chama a atenção. Filho de um pequeno comerciante, ele começou no PT ainda com 19 anos de idade. No partido, se tornou uma pessoa da confiança de José Dirceu. Pereira se formou em sociologia, mas nunca trabalhou. Ganhou a vida como militante profissional (tem quem chame isso de trabalho). Hoje, aos 44 anos, o seu patrimônio declarado em depoimentos à Polícia Federal precisaria ser melhor explicado. Ele afirma que, desde 1994, tem um apartamento de dois quartos no bairro Bela Vista (SP), de classe média, que, segundo ele, vale cerca de R$ 200 mil, uma casa em Ilhabela, de R$ 400 mil, um carro e dois terrenos. Fica a pergunta: como um profissional do PT consegue dinheiro para comprar uma casa em Ilhabela, um paraíso dos ricos paulistas? Notem que o valor de R$ 400 mil foi declarado pelo próprio. Não será surpresa se o imóvel valer muito mais. Antes de estourar a crise do mensalão/valerioduto era comum ouvir de petistas, inclusive do Ceará, comentários sobre a postura de "novo rico" de Sílvio Pereira.

A PROPOSTA DA REVISÃO CONSTITUICIONAL
Em meio a sanguessugas, mensalões, valeriodutos e silvinhos, há gente trabalhando no Congresso. A Comissão Especial da Revisão Constitucional aprovou substitutivo do deputado Roberto Magalhães (PFL-PE) que sugere uma Revisão Constitucional em 2007. A proposta vai para o Plenário da Câmara. O parecer determina que a Revisão constitucional será restrita à Organização dos Poderes, ao Sistema Eleitoral e Partidário, ao Sistema Tributário Nacional e Finanças Públicas, à Organização e Competências das Unidades Federadas e ao Sistema Financeiro Nacional. Estão textualmente preservados de alteração os direitos sociais, o poder de iniciativa legislativa popular e os mecanismos de democracia direta, o plebiscito e o referendo. De acordo com o substitutivo, a Assembléia Revisora seria instalada em 1º de fevereiro de 2007, formada pelos parlamentares eleitos em outubro próximo, e terá tempo máximo de funcionamento de doze meses a partir da instalação.

SE PASSAR A REVISÃO, MAIS ATENÇÃO PARA SEU VOTO
O tema da Revisão Constitucional é polêmico. Porém, é a chance do País fazer, por exemplo, a tão necessária reforma política. O relatório aprovado prevê o quorum de maioria absoluta (257 deputados) para a aprovação das alterações. No procedimento ordinário, as propostas de emenda à Constituição precisam de quorum de 3/5 de votos favoráveis - o equivalente a 308 votos. As discussões e o encaminhamento serão feitos em sistema unicameral e as proposições serão votadas nas duas Casas em separado. A proposta prevê que poderão ser autorizadas revisões periódicas, com intervalos não inferiores a cinco anos. É bom ficar atento à tramitação dessa matéria. Se ele entrar em vigor, os eleitores vão eleger em outubro algo próximo a uma mini-assembléia constituinte.

SÓ FALTA EVO MORALES QUERER RETOMAR O ACRE
Quer dizer que a Petrobras desenvolve "atividades ilegais" na Bolívia e é "contrabandista"? É o que diz Evo Morales. Como dizem os espanhóis, crie corvos e eles bicarão teus olhos. E qual é o papel de nosso presidente. Simples: defender os interesses brasileiros. O presidente Lula tem feito o contrário ao reafirmar a soberania da Bolívia. Ora, não é soberania boliviana que está em questão, mas sim a validade dos contratos firmados por uma estatal brasileira com o Estado boliviano. Olhem, olhem se Evo Morales não quiser o Acre de volta para a Bolívia. A conquista e a ocupação do Acre têm muito sangue dos caboclos cearenses que fugiram da seca. Ontem, em Viena, Morales disse o seguinte: "Lamento muito que o Acre foi comprado em troca de um cavalo".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 477 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal