Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/12/2007 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cartilha orienta os eleitores cearenses


A procuradora chefe da Procuradoria Regional Eleitoral, Nilce Cunha Rodrigues, lançou ontem o projeto ´Diga não à corrupção eleitoral! Voto não é mercadoria, é cidadania´. Com esse projeto, definido em uma cartilha que será distribuída em todo o Estado do Ceará, o Ministério Público quer desenvolver um trabalho de conscientização da população.

O projeto, concebido como educativo e de caráter preventivo, será desenvolvido pelos promotores eleitorais que terão como instrumento de trabalho a cartilha que começou a ser distribuída ontem de manhã durante a realização de um seminário no auditório da Procuradoria Geral da Justiça do Estado do Ceará.

Na abertura dos trabalhos a procuradora Nilce Cunha Rodrigues traçou as linhas gerais do projeto e ressaltou a importância dos promotores e juízes eleitorais para que os objetivos sejam alcançados. A programação contou ainda com palestras da chefe da Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU) no Ceará, Shirley Gildene Brito Cavalcante, e do chefe da Controladoria Geral da União no Ceará, Alberto Oliveira da Silva. Shirley Brito falou sobre a atuação do TCU no combate à corrupção e Alberto Oliveira sobre ações de prevenção e combate à corrupção implementadas pela Controladoria da União.

A procuradora Nilce Cunha ressaltou que a cartilha não terá distribuição ampla porque não será utilizada como panfleto, mas como um instrumento de trabalho e de consulta nas oficinas que serão realizadas com os formadores de opinião nas escolas, sindicatos e associações de moradores.

Responsáveis

Para a procuradora a cidadanianão se adquire de pronto, ela é construída. “Os valores da ética, da responsabilidade, do respeito aos direitos dos outros, são coisas que precisam ser construídas e alimentadas todos os dias”.

No seu entendimento, precisamos ter noção de que somos responsáveis pelos distúrbios deste País, pelos distúrbios da nossa comunidade. Nesse sentido o voto é um instrumento poderoso da cidadania. “Só com o voto livre e consciente poderemos melhorar a nossa política”. O projeto da Procuradoria Regional Eleitoral será desenvolvido somente no próximo ano, após o carnaval.

A idéia da procuradora Nilce Rodrigues é promover um encontro com todos os promotores eleitorais em Fortaleza, ou então encontros regionais, para esclarecer a maneira como o conteúdo da cartilha deve ser trabalhado. A cartilha tem 52 páginas. Seu conteúdo trata de Cidadania, Características do voto, Compra de voto, Proibições e outros temas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 239 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal