Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/12/2007 - Tudo Bem Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Certidões 'falsas' de dekasseguis alertam a Imigração

Por: Claudio Endo


Todo cuidado é pouco na hora de solicitar a renovação do visto de longa permanência ou o pedido de visto permanente. Conforme publicado nas duas últimas edições do jornal Tudo Bem, a Imigração japonesa está cada vez mais rigorosa na hora de conceder as licenças.

O agente Yutaka Watanabe, do setor de inspeção de vistos permanentes da Imigração de Nagoya (Aichi), disse que há vários casos de brasileiros que apresentam certidão de nascimento devidamente emitida pelo cartório do Brasil, mas com informações falsas. “São não descendentes de japoneses, que conseguiram arrumar pais falsos, passando-se por nikkeis”, afirma.

Segundo Watanabe, alguns brasileiros conseguem entrar no país pela primeira vez com a certidão “falsa” quando os documentos não são devidamente checados. Mas a Imigração descobre na hora em que eles entram com pedido de renovação ou visto permanente. “Se surgirem suspeitas em relação a algum documento, checamos no Brasil e a falsificação vem à tona”, diz.

A questão é que a tradução de documentos como a certidão de nascimento pode ser feita por qualquer pessoa, desde que ela assine e carimbe o papel, já que não existe a figura do tradutor juramentado no Japão. Em Tokyo, por exemplo, há casos de pessoas que tiveram a tradução negada pela Imigração, que aceitou somente o documento emitido por um despachante.

Aparência

De acordo com um escritório de assessoria de Hamamatsu (Shizuoka), a primeira suspeita aparece quando o requerente apresenta documentos com nome ou sobrenome japonês, mas não tem aparência de nikkei, o que é bastante comum entre os mestiços.

Já houve o caso de um brasileiro que, apesar de ter descendência, não tinha nenhum traço oriental e, por isso, não conseguia o visto permanente. Por conta própria, ele mandou fazer um exame de DNA e a Imigração, apesar de não aceitar esse tipo de prova, acabou concedendo a licença.

A Imigração é bem mais rigorosa com os sanseis. Por exemplo, um dos documentos exigidos para tirar visto permanente é o comprovante de renda (shotoku shomeisho) dos últimos três anos e alguns brasileiros não tem conseguido o carimbo no passaporte por esse motivo.

Segundo Watanabe, um sansei precisa provar que tem condições de se manter financeiramente no Japão, a não ser que ele seja menor de 20 anos e faça o pedido juntamente com os pais. “Não existe um valor estipulado. Por exemplo, se nos dois primeiros anos a pessoa tiver renda de 2 milhões a 3 milhões de ienes e no terceiro ano cair para 500 mil ou 600 mil por ter ficado um período desempregada, poderemos considerar que ela não tem condições de se manter”, explicou.

‘BRASILEIROS SÃO OS QUE MAIS PEDEM VISTO’

Confira entrevista com o agente Yutaka Watanabe, do setor de inspeção de vistos permanentes da Imigração de Nagoya (Aichi)

Jornal Tudo Bem Parece que os pedidos de visto estão demorando mais para sair. Isso procede?
Yutaka Watanabe A demora acontece quando os sanseis, ou seus cônjuges, não apresentam o atestado de antecedentes criminais ou quando os documentos emitidos pela Polícia Federal e Civil constam informações divergentes. Nesse caso, é preciso fazer um novo pedido, que demora. Normalmente, se os documentos estiverem corretos, o visto sai em três semanas.

JTB Quantos pedidos de renovação a Imigração de Nagoya recebe?
Watanabe São cerca de 7 mil pedidos mensais. Destes, 2,5 mil são de nikkeis.

JTB Quais são os motivos que levam a imigração a não conceder a renovação de visto para brasileiros?
Watanabe Quando o requerente comete algum crime, ou quando o brasileiro, sem ascendência japonesa, não mora, ou está separado do cônjuge nikkei. Há casos de pessoas que apresentam certidões de nascimento falsas para comprovar que são nikkeis ou chamam os filhos de quarta geração como dependente e os colocam para trabalhar.

JTB E os motivos que levam a não conceder o visto permanente?
Watanabe No caso de sanseis, não apresentar renda suficiente nos últimos três anos, e estar inadimplente com o pagamento do imposto residencial.

JTB Já foram registrados casos de falsos atentados de antecedentes?
Watanabe Até o momento não.

JTB Um brasileiro que cometeu crime aqui pode renovar o visto?
Watanabe Depende do crime. A Imigração analisa caso por caso.

JTB Está aumentado o número de pedidos de visto permanente?
Watanabe Agora o número é constante. São cerca de mil pedidos por mês, e a maioria absoluta vem de brasileiros.

JTB Quanto tempo demora para sair o visto permanente?
Watanabe Na medida do possível, o visto sai em, no máximo, seis meses.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 623 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal