Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/12/2007 - Jornal de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dirigente suspeito de ficar com dinheiro de clube

Por: Paula Gonçalves


"Dinheiro dos patrocínios do futebol nunca caiu em minha casa", assegurou a esposa de um ex-dirigente de um clube do concelho de Coimbra, que está a ser julgado por alegadamente se ter apropriado de verbas da colectividade. Perante a insistência do juiz sobre a proveniência dos montantes "significativos" que todos os meses eram depositados nas contas bancárias pessoais, verbas que "não eram expectáveis" com os rendimentos da família, a testemunha justificou com quantias que o seu pai lhe emprestava. De resto, o que sabe é que o seu marido "deu mais àquela terra" do que à família e que o "futebol a mim não me deu nada de bom".

A dedicação do arguido ao clube foi destacada por outras testemunhas. Ex-directores, sem responsabilidades na gestão deste clube que na altura disputava a 3ª Divisão nacional, afirmaram desconhecer o valor entregue, mensalmente, pelo patrocinador, mas dizem ter a convicção que o então presidente até "pôs dinheiro do seu bolso". Classificaram-no como o melhor dirigente que o clube teve, ao lembrarem que desde que se afastou "está tudo ao abandono".

Nas alegações finais, a defesa reconheceu que o arguido fazia uma "gestão de merceeiro", mas entende não ter ficado provado o peculato, de que é acusado. "Quando muito peculato de uso e mesmo aí tenho dúvidas", sublinhou o advogado, ao lembrar que o arguido confessou o crime de falsificação, pelo que considerou que se fará justiça "atenuando especialmente a pena".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 292 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal