Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/12/2007 - ComputerWorld Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vítimas de phishing nos Estados Unidos ultrapassam os 3,5 milhões


Mais de 3,5 milhões de adultos norte-americanos perderam dinheiro em golpes de phishing e roubo de identidade no período de 12 meses encerrado em agosto - uma alta de 57% em relação a um ano antes, segundo uma analista de fraude do Gartner.

As más notícias não acabam por aí. A analista Avivah Litan apontou que 3,3% dos 4,5 mil norte-americanos ouvidos em agosto afirmaram ter sido vítimas de ataques de phishing e perderam dinheiro no processo. Em 2006, o porcentual era de 2,3%.

Para a analista, as entidades reguladoras financeiras estão “no escuro” e perdendo tempo. Segundo ela, o phishing já é um conceito antigo, com o qual até os usuários estão familiarizados, mas não imunes.

Na opinião da analista, as ameaças estão evoluindo e as técnicas de engenharia social estão se tornando mais sofisticadas. “Eles estão pegando informações do Facebook e MySpace e mandando e-mails como se fossem seus amigos. Há também os cartões comemorativos e as entidades beneficentes, que também estão aumentando dramaticamente”, avalia Litan.

“Não é tão óbvio quanto antigamente”, ela disse. “Clique em um link, e mesmo se você não colocar nenhuma informação, já estará sendo infectado”, aponta a analista, que defende uma ampliação da definição do termo “phishing”.

A pesquisa anual do Gartner também apontou para uma mudança na forma como ocorrem os roubos de identidade. Em 2007, pela primeira vez as vítimas de fraudes por saques no banco ou débito em conta (47%) foram maiores que as vítimas de golpes pelo cartão de crédito (32%). No ano anterior, as categorias estavam empatadas.

Entre os poucos pontos positivos destacados pelo Gartner está uma queda no valor médio perdido em fraudes. A média caiu de 1.244 dólares por incidente, em 2006, para 886 dólares por incidente neste ano.

Outra boa notícia é que mais pessoas - 1,6 milhão em 2007 contra 1,5 milhão em 2006 - recuperaram seu dinheiro, disse Litan. O porcentual de vítimas ressarcidas foi de 64% neste ano contra 54% em 2006.

A consultoria ressaltou, no entanto, que o volume total de perdas relacionadas a phishing no período de 12 meses encerrado em agosto foi de 3,2 bilhões de dólares, uma alta de 500 milhões sobre o mesmo período de 2006.

“Quanto dinheiro tem que ser perdido antes que alguém faça alguma coisa?”, criticou Litan.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 239 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal