Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/12/2007 - Diário de Natal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Esquema pode ter ‘‘lavado’’ até R$ 1 milhão por mês

Por: David Freire


O titular da Delegacia Especializada em Costumes (DEC), Odilon Teodósio dos Santos Filho, que comandou a operação “Boca de Lobo”, revelou que o esquema desbaratado pela polícia envolvendo jogos de azar, principalmente máquinas caça-níqueis, pode ter ‘‘lavado’’ até R$ 1 milhão por mês. ‘‘Esse valor pode variar desde R$ 500 mil até R$ 1 milhão, mas só poderemos ter esse dado exato no decorrer das investigações’’, disse.

A operacao foi desencadeada na quinta-feira passada, quando cerca de 400 policiais, entre militares e civis, abordaram 160 pontos com mandados de busca e apreensão. Na ocasião, 19 mandados de prisao foram expedidos e nove cumpridos, entre eles o do chefe do jogo do bicho em Natal, Luis Correia de Andrade.

Odilon informou que, até o final da manhã de ontem, 449 máquinas tinham sido apreendidas. ‘‘Temos informação que mais 30 serão recolhidas ainda hoje (ontem), para ficarem junto com as demais’’, afirmou. As máquinas foram colocadas no prédio onde funcionava um anexo da Secretaria Estadual de Tributação (SET), em Dix-Sept Rosado.

Funcionários do Instituto Técnico Científico de Polícia (Itep) estiveram no local ontem pela manhã para averiguar o maquinário e, junto com os policiais, começar o trabalho para coletar o dinheiro que estivesse dentro das máquinas caça-níqueis.

Além delas, também foram apreendidos computadores, carros, armas e dinheiro. ‘‘Tudo isso será analisado pela investigação’’, garantiu o delegado.

MANDADOS

A operação ‘‘boca de lobo’’ não cumpriu mandados apenas no Rio Grande do Norte. Segundo o delegado, foi realizada uma busca em Fortaleza (CE) na casa dos pais de Marcelino Ribeiro de Alencar Júnior, um dos envolvidos no esquema. ‘‘Em um anexo da residência foram encontradas placas que são instaladas nas máquinas’’, disse.

Em uma das máquinas abertas, os policiais encontraram R$ 2.920,00 em cédulas de R$ 10,00 e R$ 50,00. ‘‘Isso é apenas uma das máquinas. Precisamos agora ver o que há nas demais’’, declarou o delegado Marcus Vinícius, que também está trabalhando na ‘‘boca de lobo’’. Odilon explicou que as máquinas eram programadas para dar de 60 a 80 % de lucro e, do valor obtido, 10% era repassado ao dono das máquinas.

PRISÕES

Além das oito prisões registradas até a tarde de quinta-feira, a operação prendeu mais duas pessoas ainda nesse mesmo dia. De acordo com o delegado Odilon Teodósio, foram detidos Jackson Batista Ângelo e Marcos Andrade.

Segundo ele, seis pessoas ainda são procuradas pela polícia: Gilberto Tavares da Silva, José Marcos Dantas, Marcelo Andrade, Manoel Garcia, Severino Francisco de Araújo e Roni Ramos de Andrade. Outras oito pessoas que foram detidas na quinta-feira passada estão no 15º Distrito Policial, em Ponta Negra.

Quanto aos crimes nos quais as pessoas presas podem vir a ser enquadradas, o delegado citou formação de quadrilha, estelionato, lavagem de dinheiro e contrabando.

Na lista de pessoas ainda procuradas pela polícia, dois nomes chamaram atenção do delegado Odilon Teodósio, responsável pelas investigações: João Borges da Silva e Francisco Wilson. ‘‘Descobrimos que essas duas pessoas são falecidas e ainda tinham seus nomes usados’’, informou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 503 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal