Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/09/2019 - Folha de São Paulo / Agora SP Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Veja os principais golpes do saque da grana do FGTS

Por: Ana Paula Branco

Criminosos enviam links e fazem ligações para obter dados bancários das vítimas

SÃO PAULO. Criminosos estão de olho na grana recém-liberada do FGTS para os trabalhadores com contas ativas e inativas no fundo. Desde a semana passada, é possível sacar até R$ 500 de cada conta.

O plano é roubar dados como CPF, endereço e número de conta e ter acesso ao Cartão do Cidadão.

O Agora mostra os golpes mais frequentes e como evitar ser vítima deles.

Emílio Simoni, diretor da dfndr lab, área de segurança da PSafe, empresa de proteção virtual e privacidade, afirma que, só em setembro, 20 páginas falsas do FGTS foram criadas na internet e estão sendo divulgadas por meio de redes sociais como WhatsApp, Facebook e Instagram.

Para não cair em golpe, é preciso seguir as principais recomendações: não clicar em links em nome da Caixa, gestora do FGTS, e não fornecer a senha ou o número do Cartão do Cidadão.

Golpistas também têm se passado por funcionários da Caixa para oferecer um agendamento que evitaria a fila para sacar a grana do fundo. É cilada. Ao marcar dia e hora, o trabalhador fica suscetível à "saidinha de banco". Velho golpe, mas em nova roupagem.

Empresa já emitiu mais de 260 mil alertas

A empresa dfndr lab, especializada em segurança digital da PSafe, emitiu 260 mil alertas de páginas falsas de FGTS neste ano. "Os golpistas aproveitam datas sazonais, como essa de saque do FGTS, para roubar senhas, espalhando SMS e mensagens por redes socias", diz Emílio Simoni, diretor da companhia.

O especialista alerta ainda sobre os criminosos que dizem às vítimas haver problemas no cadastro da Caixa para o saque do FGTS. Em seguida, pedem os dados da pessoa para a "correção".

"O do FGTS está entre os três maiores golpes aplicados", diz Simoni. No topo, segundo o especialista, estão o golpe do falso emprego e o que promete um perfume e creme de graça.

Os principais tipos de fraude | Fuja dos criminosos

Pela internet

● O principal golpe é pela internet, por redes sociais como WhatsApp, Facebook e Instagram
● O golpista envia um link, no qual solicita o preenchimento de dados como número de PIS/Pasep e CPF para "verificar" se o cidadão tem direito ao saque do FGTS
● Com os dados, o criminoso consegue alterar o endereço do trabalhador na Caixa e pede um novo Cartão do Cidadão, que irá para a casa do fraudador
● Com o documento em mãos, ele saca o FGTS da vítima

Por telefone

● O golpista liga para o trabalhador se passando por funcionário da Caixa
● Ele tentar agendar dia e hora para que o saque seja feito, alegando que assim a vítima vai evitar filas e agilizar o processo
● Alguns chegam a citar dados pessoais para dar mais veracidade à proposta
● Ao agendar a data com o criminoso, o trabalhador cai no velho golpe da "saidinha de banco"

Exemplos de sites falsos:

● fgtscalendario2019.weebly.com
● saquefgtscaixa.org
● consulta-fgts-2019.com
● cotasidadefgtsconsulta.ml
● https://consultafgts.org/pages/inter/home.php
● programafgts2019.weebly.com
● https://app.liberacao-fgts.com/

Dicas para fugir dos golpes

1 - Não forneça senha ou número do Cartão do Cidadão
Golpistas procuram entrar em contato com os clientes se passando por empregados das centrais de cartões ou do banco para obter informações

2 - Não clique em links em nome da Caixa
O banco não envia links por email, SMS ou WhatsApp

3 - Não faça pré-cadastro para saque do FGTS
Golpistas têm se passado pela Caixa no WhatsApp; não responda
Em caso de dúvida, procure os canais oficiais do banco

Fique ligado
A Caixa não envia mensagens sobre saques das contas vinculadas do FGTS, não solicita senhas, dados ou informações pessoais do trabalhador e não pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por email, SMS ou WhatsApp

Canais oficiais da Caixa
● Site fgts.caixa.gov.br (https://fgts.caixa.gov.br)
● Telefone 0800-7242019
● Agências da Caixa
● Aplicativo para celular "App FGTS" (disponível nas lojas da Google e Apple)

Fontes: Caixa Econômica Federal e dfndr lab

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 160 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2019 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal