Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/08/2019 - Portal do Bitcoin Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

“Desculpe, nós fugimos”, diz pirâmide financeira ao sumir com bilhões em Bitcoinp


A PlusToken, uma pirâmide financeira travestida de arbitragem de bitcoin que operava na Ásia, abandonou milhares de clientes sem seus investimentos ao sumir com bilhões de dólares em Bitcoin deixando a seguinte mensagem assinada em uma transação de BTC: “Desculpa, fomos embora”.

Segundo o site 8BTC, o projeto quebrou no início de julho de 2019, depois que a polícia chinesa prendeu um membro do esquema que havia fugido para Vanuatu, um país formado por ilhas no sul do Oceano Pacífico.

Identificado como um dos maiores esquemas de Ponzi no mercado das criptomoedas, o PlusToken conseguiu mais de 200.000 BTC, 800.000 ETH e 26 milhões de EOS, num total de cerca de 3 bilhões de dólares.

De acordo com informações do Peckshield, empresa de segurança especializada em rastrear transações de criptomoedas, a PlusToken contava com três endereços de carteiras de BTC, com milhares de unidades em cada:

● 14BWH6GmVoL5nTwbVxQJKJDtzv4y5EbTVm (Total de 95.288 BTC recebidos)
● 31odn4bxF2TgM4pD7m4hdSr1vGMsjh9ugV (total de 68.562 BTC recebidos)
● 33FKcwFhFBKWHh46Ksmxs3QBu8HV7h8QdF (Total de 37.922 BTC recebidos)

Com o monitoramento das carteiras, a Peckshield conseguiu identificar movimentações em direção a algumas exchanges desde o início de julho de 2019. Nos últimos dias, 5.775 BTC foram movidos em lotes relativamente pequenos (cerca de 50-200 BTC por lote) em muitos endereços diferentes (facilitando o envio desses fundos para as exchange).

O PeckShield também descobriu na quarta-feira (14) que outra carteira conectada ao PlusToken estava ativa – cerca de 23.000 BTC foram transferidos para quatro novos endereços, com 4.922 BTC, 5.000 BTC, 6.000 BTC e 7.000 BTC sendo movidos.

Esse, inclusive, foi citado como um dos motivos para a recente queda de preço do bitcoin, assumindo que os fundos estariam sendo liquidados em grandes quantidades nas exchanges.

Em uma das transações da carteira, foi assinada a seguinte frase: “Desculpa, nós fugimos” (Sorry, we have run).

No twitter, players do mercado pedem às empresas de segurança para ficarem de olho se os autores do esquema continuarão transferindo mais fundos para exchanges ou plataformas de OTC a fim de liquidar as criptomoedas abtidas através do golpe.

Esquema com Bitcoin

De acordo com o site oficial e alguns outros usados para a divulgação, a promessa era de retorno mensal entre 6% e 18% conquistados através de uma suposta arbitragem em bitcoin mais bônus por indicações de dez níveis. Ou seja, para cada pessoa que o investidor recrutado, a pessoa ganharia uma porcentagem extra.

“O robô inteligente irá identificar e capturar a diferença de preço e volume dos ativos digitais em cada plataforma de negociação. Cerca de 6 a 18% da alocação de lucro mensal irá para sua carteira”, diz um dos anúncios, que continua:

“A arbitragem inteligente usa diferenças de preços em cada plataforma de negociação de criptomoedas para gerar lucros. Por exemplo: compre BTC na KRAKEN e venda a BTC na BINANCE quando o preço na BINANCE for US$ 6600 na KRAKEN for US$ 6400.”

No site oficial ainda é possível ver planos expansão traçados até junho 2022, o que era provavelmente uma armadilha para atrair ainda mais clientes ao passar uma imagem de empresa saudável.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 62 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2019 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal