Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

20/06/2017 - UOL Notícias / Agência Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Carta que pede regularização de dados bancários é golpe, diz Receita

Por: Kelly Oliveira


Golpistas estão usando o nome da Receita Federal para tentar roubar dados bancários de contribuintes, informou a própria Receita nesta terça-feira (20). O golpe é feito por meio dos Correios, e não por e-mail, como é mais comum.

No esquema, o contribuinte recebe por carta, em sua casa, uma intimação para regularização de dados cadastrais. Na carta há um endereço eletrônico para acesso e atualização de dados bancários. Mas o endereço informado não tem nenhuma relação com o site da Receita.

"Apesar de conter o logotipo e o nome da Receita Federal, a carta é uma tentativa de golpe e não é enviada pelo órgão nem tem sua aprovação. A orientação ao contribuinte é que, caso receba esse tipo de correspondência, destrua a carta e jamais acesse o endereço eletrônico indicado", alerta a Receita.

A Receita Federal diz, ainda, que para fazer consultas, baixar programas ou alterar informações junto ao fisco federal o contribuinte deve acessar apenas o site oficial do órgão (idg.receita.fazenda.gov.br). Se acessar outros sites, poderá estar sujeito a vírus e malwares, que roubam dados pessoais, bancários e fiscais do contribuinte.

A Receita só solicita os dados bancários de pessoas físicas para fins de débito automático ou depósito de restituição do imposto de renda. Em ambos os casos, a informação é fornecida na Declaração do Imposto de Renda e pode ser alterada no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC).

Caso o contribuinte não consiga utilizar os serviços virtuais, ele deve procurar um Centro de Atendimento ao Contribuinte nas Unidades da Receita Federal no seu Estado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 183 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal