Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

11/11/2016 - O Liberal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresária denuncia golpe com máquina de cartão

Por: Ana Carolina Leal

Crime ocorreu no dia 15 de setembro, mas só foi descoberto nesta sexta-feira quando a dona da loja fechou o balanço das compras com cartão

Uma empresária de Americana procurou a Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (11), para denunciar um crime de estelionato praticado por meio de máquinas de cartão de crédito e débito. A vítima P.D.M.M.S., 36 anos, é dona de uma ótica localizada no Jardim São Paulo e teve prejuízo de R$ 2.275.

O crime aconteceu no dia 15 de setembro, mas só foi descoberto ontem quando a dona da loja fechou o balanço das compras feitas com cartão de crédito. Segundo ela, um homem procurou a ótica naquele dia para cotar valores de óculos de sol e lentes de contato. Ele deixou o estabelecimento sem levar nada e depois de 15 minutos retornou para comprar os produtos.

O estelionatário mostrou o papel com a cotação, totalizando R$ 2.275 e fechou a compra. Ele pagou a quantia com cartão de crédito. A funcionária inseriu o cartão na máquina, digitou o valor e entregou o equipamento ao suposto cliente para que ele colocasse a senha. Ele deixou a loja com dois óculos de sol e lentes de contato.

Nesta sexta-feira, quando percebeu que as contas efetuadas com cartão de crédito não fechavam, a empresária resolveu assistir as filmagens das câmeras de segurança e descobriu o golpe. Pelas imagens, é possível perceber que o estelionatário, ao digitar a senha, na verdade cancela a compra e entrega para a funcionária, um comprovante já pronto com o valor da compra e os dados da loja.

A funcionária não percebeu a ação porque o suspeito colocou a máquina de cartão atrás de um monitor, impedindo a visão da lojista. Nesta sexta-feira, a empresária desconfiou que havia algo de errado e consultou todas as compras feitas com cartão de crédito. Ao pegar o recibo do suposto cliente, ela percebeu que havia diferenças dos demais recibos como o número do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), do estabelecimento e do terminal.

O caso foi registrado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) como estelionato. A vítima se comprometeu em fornecer as imagens das câmeras de segurança para auxiliar as investigações. O estelionatário ainda não foi identificado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 177 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal