Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

24/10/2014 - Correio do Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal desmonta ''fábrica de mentiras'' criada por Delcídio do PT

Esquema era conduzido pela cúpula da campanha do senador petista ao governo.

A Polícia Federal desmontou “quadrilha” especializada em fabricar calúnias e difamações contra o candidato a governador, deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), e outros rivais políticos em produtora arrendada pela coligação “MS com a Força de Todos”, do postulante à sucessão estadual, senador Delcídio do Amaral (PT). O esquema descoberto pelos policiais na empresa Macarena Vídeos revelou que o local era indústria de mentiras contra adversários do petista.
Além destes, foi citado na queixa entregue ao TRE e apurada pela PF, o nome de Omar Ayub como quem acolheu em sua produtora, no primeiro turno das eleições, a Agência de Publicidades FSB que, por sua vez, realizava a editoração de vídeos e confecção de materiais danosos aos rivais de Delcídio.

Pelo menos seis pessoas comandavam a operação difamatória que consistia em veicular materiais com objetivo de deturpar e denegrir rivais políticos do senador petista. Segundo denúncia apresentada ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), Sandra Santana era quem comandava o esquema, Laura do Amaral, a responsável pela contratação e pagamento das equipes que realizavam e distribuíam os materiais inverídicos e caluniosos, Adionir Blem é quem executava os programas que criavam Banners, Cards, Memes e vídeos contra Azambuja. Já Silvano Venâncio de Carvalho era aquele quem operava os perfis falsos (Fakes) na Internet e no aplicativo do celular, WhatsApp. Fabiano Portilho Coenne era o encarregado de espalhar notícias virtuais e impressas no site de sua propriedade, o I9.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 100 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal