Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

09/10/2015 - UOL Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende empresário Wagner Canhedo Filho por suspeita de fraude de R$ 875 mi


A Polícia Federal prendeu na manhã desta sexta-feira (9) o empresário Wagner Canhedo Filho, principal gestor do grupo Canhedo, que atua nos setores de hotelaria e de transportes no Distrito Federal.

Canhedo Filho é investigado por suspeita de fraude à execução fiscal, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e associação criminosa. A prisão do empresário, segundo informou o MPF (Ministério Público Federal), tem o objetivo de garantir o fim de práticas adotadas para impedir a execução de dívidas tributárias.

O empresário é filho de Wagner Canhedo, que comprou a Vasp (Viação Aérea São Paulo) na década de 1990. A empresa decretou falência em 2008, com dívidas superiores a R$ 1,5 bilhão.

A Procuradoria da Fazenda Nacional estima que as fraudes cometidas pelo grupo empresarial tenham causado um prejuízo de R$ 875 milhões aos cofres públicos. O caso é apurado desde o ano passado pelo MPF e pela Polícia Federal.

A principal suspeita investigada é a de que Canhedo Filho usava empresas fantasmas, abertas em nomes de laranjas, para movimentar o dinheiro do grupo empresarial. Isso impedia o cumprimento de execuções fiscais –a cobrança de dívidas por meio da Justiça.

A pedido dos investigadores, a Justiça proibiu o empresário de deixar o país.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 370 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal