Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/05/2006 - O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acesso a dados pessoais de vítimas facilita fraudes

Por: Luiz Henrique Campos


As fraudes que estão vitimando aposentados no Ceará com descontos não autorizados em folhas de pagamento, como mostrou O POVO nas edições dos dias 11, 12 e 13 de abril, são comuns e vêm acontecendo há muito tempo. De acordo com a série de reportagens, os golpes consistem na falsificação de dados cadastrais de pensionistas, que passariam a receber descontos para pagamentos de serviços como seguros de vida, títulos de capitalização, entre outros.

Na matéria publicada dia 12, o presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Empresas de Seguros do Ceará, Manoel Nésio de Sousa, admitiu que a entidade tinha conhecimento das denúncias. Mas considerou ser impossível que a fraude acontecesse sem passar pela repartição à qual o aposentado estivesse ligado.

A afirmação de Manoel Nésio é confirmada por corretores de seguros a que O POVO teve acesso, que sob a condição de anonimato, detalharam as facilidades de se cometer as fraudes. Segundo eles, a forma mais comum se dá através da facilitação do acesso às listas de servidores aposentados. Com a relação, os fraudadores conseguem fazer "a festa" em pequenas cidades do Interior do estado e o alvo são aposentados desinformados.

Nessa lista constariam nomes e endereços. Mas se pode obter também dados como quanto o segurado já tem descontado em seu contracheque. Os corretores mal intencionados têm acesso a essa relação de duas formas: com a seguradora, ou nos órgãos de recursos humanos das repartições. As seguradoras conseguem as listas por parcerias com entidades de trabalhadores, que receberiam um percentual dos negócios fechados.

As fontes ouvidas pelo O POVO ressaltam que a cessão da lista de aposentados pelas entidades de trabalhadores não é ilegal. Já a liberação pelos RHs das repartições não haveria motivo que justificasse esse fato. No último caso, os corretores contatados dizem que essa situação seria uma possibilidade remota, mas viável.

Com o endereço e o telefone em mãos, os fraudadores partem para o agendamento das visitas, usando o argumento de que precisam atualizar dados. "Chega lá, vai com aquela conversa mole, e acaba passando os produtos vendendo vantagens fictícias". Enganada, a vítima fornece o contracheque, a cópia de identidade, o CPF e a carteira funcional. Daí, os golpistas ficam com os dados que querem.

O passo seguinte é dar entrada na seguradora. Até aí é uma venda legal. A seguradora só precisa checar os dados. E como está tudo correto, inicia-se o processo de averbação (liberação) junto ao setor de RH da repartição do aposentado. Na sua grande maioria os corretores são autônomos, o que também facilita o golpe por parte de maus profissionais. De posse dos documentos da pessoa lesada, podem dar entrada em várias companhias em intervalos de tempo razoáveis, fazendo um "círculo".

Como a comissão do corretor de seguros é a primeira mensalidade do desconto, mesmo que haja o cancelamento, já estaria garantido o êxito da fraude. Pessoas humildes, as vítimas nem sempre têm noção dos seus direitos, e normalmente se sentem contempladas quando conseguem o cancelamento, não indo atrás do ressarcimento pelo dinheiro retirado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 431 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal