Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

17/02/2014 - Tribuna da Bahia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Senador pede investigação sobre denúncia de fraude na Petrobras


O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) apresentou requerimento para que o Tribunal de Contas da União (TCU) apure denúncia de farsa envolvendo uma plataforma da Petrobras. Ele disse que, de acordo com o Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, a plataforma P-62, em Pernambuco, foi inaugurada e lançada ao mar, no final de 2013, ainda incompleta, sem elementos essenciais para operar com segurança. Já houve inclusive um incêndio na plataforma, informou.

O sindicato denunciou também que a Petrobras simulou a venda dessa plataforma para uma subsidiária na Europa e depois a comprou de volta, apenas para que a operação melhorasse a balança comercial.

Aloysio Nunes disse tudo isso ocorreu apenas no papel; a plataforma P-62 jamais deixou o litoral brasileiro. Segundo o senador, operação semelhante já teria sido feita com outras plataformas, o que teria acrescentado US$ 8 bilhões às exportações brasileiras.

- Mera operação de maquiagem das contas externas. Não fosse esse tipo de operação, realizado já em outras oportunidades, com outras plataformas, nós teríamos amargado um déficit maior na nossa balança comercial. Eu estou pedindo que o Tribunal de Contas faça uma auditoria para averiguar a procedência dessas denúncias e avaliar também o montante de prejuízo que elas causaram à empresa - disse o senador.

Aloysio Nunes Ferreira também pediu à Comissão de Fiscalização e Controle do Senado que convide os dirigentes do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, que visitaram a plataforma, para que prestem esclarecimentos.

O parlamentar também pediu à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal informações sobre o que está sendo feito para identificar as pessoas que, na semana passada, agrediram 30 policiais militares em Brasília durante tentativa de invasão do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra ao Supremo Tribunal Federal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 123 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal