Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/12/2007 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Sites desconhecidos e preços muito baixos podem esconder fraude

Por: Karen Camacho


O comércio eletrônico ainda é tímido na cultura consumista do brasileiro. Após um crescimento de 35% sobre 2006, este ano deve terminar com 9,5 milhões de e-consumidores. Consultores e especialistas, porém, são otimistas quanto à possibilidade de crescimento de público e faturamento do setor nos próximos anos.

O crescimento, no entanto, depende da segurança na hora de comprar. Alguns consumidores preferem apenas consultar preços na internet, mas comprar nas lojas físicas. O principal medo é ter seus dados pessoais "roubados" na rede ou não receber o produto como prometido.

Pedro Guasti, da e-bit, afirma que uma mudança na cultura é lenta e que depende que "experiências positivas". Ou seja, os sites de compra que atendem corretamente os consumidores colaboram para a popularização da atividade.

O consultor Eduardo Daghum, da Câmara de Comércio Eletrônico, disse que as fraudes cometidas na internet representam 20% dos golpes com cartões de crédito. Para ele, a informação, ao comércio e ao consumidor, ajuda a combater as fraudes.

O cartão de crédito, que muitos temem utilizar na internet, é um dos meios mais seguros para o pagamento, por permitir que o cliente evite o desconto quando recebe a fatura. O uso dessa forma de pagamento pela loja também pode ser mais um fator de segurança, já que isso indica que ela passou pelo credenciamento das administradoras de cartões.

Veja dicas dos especialistas para evitar problemas nas compras on-line:

- utilize apenas o seu computador, atualize o antivírus e não faça compras em lan house
- não clique em mensagens encaminhadas por e-mail por estranhos, eles podem ter programas espiões
- evite propagandas que prometem levá-lo ao site, prefira digitar o endereço na barra quando quiser visitar uma página
- prefira as lojas grandes e conhecidas ou aquelas indicadas por amigos
- busque no site as informações do endereço físico da loja e dos telefones. Toda loja, mesmo que tenha contato on-line, deve ter um telefone para atendimento ao cliente
- verifique no site se há informação sobre troca do produto e devolução
- leia as informações sobre a política de privacidade da empresa
- desconfie de lojas que não aceitam cartão de crédito e pedem depósitos
- cuidado com preços muito baixos, os produtos podem ser falsificados ou a empresa pode estar sonegando impostos
- fique atento aos prazos de entrega e valor de frete
- arquive ou imprima o pedido feito, a confirmação da loja e eventual e-mail que a loja enviar confirmando a encomenda

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 260 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal