Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

20/02/2014 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Com documento falso, golpista no DF consegue 200 passagens aéreas

Suspeito, que é ex-funcionário da Aeronáutica, foi preso nesta quinta. Passagens eram vendidas; TAM disse que colabora com as investigações.

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu nesta quinta-feira (20) um ex-funcionário da Aeronáutica suspeito de vender pelo menos 200 passagens aéreas emitidas de forma fraudulenta por meio de um convênio da pasta com a companhia aérea TAM.

Segundo o delegado Jefferson Lisboa, o suspeito, de 41 anos, reproduziu um ofício e um carimbo muito semelhantes ao usado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Cenipa) para solicitar as passagens. Para a emissão dos bilhetes, ele levava o documento ao guichê da companhia com o nome das pessoas que viajariam.

A TAM informou por meio de nota que colabora com as investigações e prestará todos os esclarecimentos necessários às autoridades.

Lisboa disse que a TAM desconfiou de fraude ao constatar que os passageiros eram sempre pessoas diferentes."O que chamou a atenção foi a grande quantidade de bilhetes para pessoas diversas, um número muito elevado", disse Lisboa.

Segundo o delegado, as passagens aéreas eram emitidas com frequência para pessoas de uma mesma família e sempre para os trechos mais caros, como as regiões Norte e Nordeste.

O suspeito vai responder por estelionato, fraude e falsidade ideológica. Lisboa afirmou que ele pode pegar até dez anos de prisão, caso seja condenado.

A polícia também vai investigar se as pessoas que compraram os bilhetes aéreos sabiam da fraude ou se foram induzidos pelo suspeito. Caso seja comprovado que os passageiros sabiam do esquema, eles também pode responder por estelionato, diz o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 282 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal