Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

18/02/2014 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso em Uberlândia estelionatário que se passava por advogado

Por: Vanessa Duarte

Uma das vítimas foi quem fez a denúncia; golpes eram aplicados na região. Com ele foram encontrados cartazes com ajuda em financiamentos.

Um homem de 30 anos foi preso nesta terça-feira (18), em Uberlândia, suspeito de estelionato. A Polícia Civil chegou até o criminosos depois que um aposentado de 61 anos compareceu à Delegacia e contou que estava levando um golpe. Segundo o idoso, ele chegou a levar um prejuízo de R$ 17.500.

“Eu fui ao escritório do golpista uma vez e depois a gente conversava por telefone. Ele me ligava atrás querendo o dinheiro. Era um cara muito atencioso. Só que um dia eu dei R$ 1.500 para ele. Aí ele pegou o dinheiro e tinha umas notas de R$ 5. Ele contou só um tanto e falou que estava beleza. Ele contava o dinheiro muito preocupado, olhando para os lados, e eu já estava desconfiado”, relatou a vítima.

O delegado da Polícia Civil, Vitor Adriano Dantas, informou que o aposentado contratou o estelionatário, que se passava por advogado, para ele reduzir o valor da parcela de um caminhão que a vítima havia comprado, através de uma ação revisional. Vitor Adriano contou que desde o mês de julho do ano passado o idoso pagava as prestações do financiamento do caminhão para o golpista, que afirmava que iria efetuar os pagamentos no banco.

“Na data de hoje ficou marcado de o aposentado pagar a conta em Uberlândia, porque ele é de Monte Alegre de Minas. Mas antes de efetuar o pagamento, ele teve a ideia de passar no fórum e verificar a situação dele. Quando ele olhou no fórum, viu que não tinha nada de depósito judicial. Diante da situação resolveu procurar a polícia e explicou a situação, afirmando que na data de hoje estava combinado um encontro para efetuar esse pagamento. Eu disse para ele manter esse encontro, acionamos uma equipe e fomos para o local esperar o indivíduo, que apareceu em um veículo importado”, informou.

A vítima chegou a efetuar o pagamento para o criminoso que, após conferir o valor de R$ 1.500, foi preso em flagrante no momento em entrava no carro que estava dirigindo. No veículo foram localizados diversos cartazes que anunciavam a diminuição em 50% do valor da parcela de um financiamento. Além disso, os militares encontraram diversas petições judiciais no carro, que ficará apreendido.

“Num primeiro momento localizamos algumas pastas, onde existem petições judicias de algumas pessoas entrando com ações revisionais no Judiciário e, em tese, parece que elas também podem ter sido vítimas de estelionato”, afirmou o delegado.

De acordo com Vitor Adriano Dantas, o golpista contratou um advogado para fazer as ações revisionais. “As ações existem na Justiça e não podemos afirmar se advogado tem ou não conhecimento dessas ações ou se tem conhecimento do golpe que esse indivíduo estava aplicando nas vítimas”, declarou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 122 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal