Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

14/02/2014 - Mídia News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

OAB-MT investiga acusados de desviar R$ 13,5 milhões

Por: Isa Sousa

Nelson Prawucki e Newman Lopes foram presos pela PF acusados de lavagem de dinheiro.

O Tribunal de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) abrirá processo administrativo contra os advogados Nelson Prawucki e Newman Pereira Lopes, presos na quinta-feira (13) pela Polícia Federal, durante a deflagração da Operação “Assombro”.

Ambos são acusados pelos crimes de desvio de recursos do extinto Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat) e lavagem de dinheiro. Os advogados teriam desviado cerca de R$ 13,5 milhões.

Ao MidiaNews, o presidente do Tribunal de Defesa das Prerrogativas (TDP) da Ordem dos Advogados, Luiz da Penha, confirmou a investigação.

“Estamos aguardando que a Polícia Federal encaminhe cópia dos documentos recolhidos durante o cumprimento de mandados de buscas e apreensão para começarmos a avaliar e abrirmos nosso processo”, afirmou.

A expectativa, segundo Penha, é de que, no máximo, em dois dias, os documentos solicitados cheguem ao Tribunal de Defesa das Prerrogativas.

Conforme o site MidiaJur informou, Prawucki e Lopes já respondem a dois processos na Justiça Federal por gestão fraudulenta no Bemat.

Eles foram acusados, em maio de 2013, de desvio de R$ 13,5 milhões do fundo de pensão de servidores do extinto banco.

As ações foram propostas pelo Ministério Público Federal.

A operação

A investigação da Polícia Federal teve início em maio do ano passado, quando apurou-se que os investigados, já indiciados pela PF, em 2013, e denunciados, em uma ação penal, pelo crime de gestão fraudulenta de instituição financeira, desviaram mais de R$ 13,5 milhões.

De acordo com a PF, o ex-liquidante do Instituto de Previdência Complementar, do então Bemat, Nelson Prawucki, teria contratado uma empresa, constituída em nome de seu sócio, em um escritório de advocacia, com o objetivo de desviar recursos decorrentes de crédito que a instituição tinha com o Governo do Estado, reconhecido judicialmente.

O desvio foi executado mediante a estipulação de honorários de 57% do valor principal.

Segundo a PF, para ocultar a natureza ilícita da operação, os acusados se valeram de técnicas para a lavagem de dinheiro, como a assinatura de contrato de confidencialidade e uso de empresa “fantasma”, para o recebimento dos recursos.

Após uma denúncia, uma espécie de auditoria foi realizada e verificou-se que o índice era muito superior ao cobrado para este tipo de transação.

Além disso, o suposto escritório era fantasma: estava em nome de pessoas mortas e o endereço é onde está a boate Crystal Night Club, no Bosque da Saúde.

Foram feitas apenas cinco parcelas de cerca R$ 4,7 milhões, o que significa que o esquema conseguiu angariar R$ 2,6 milhões nos cinco meses. Somados, o valor é dos R$ 13,5 milhões desviados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 291 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal