Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/12/2007 - EPTV.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Criminosos usam telemarketing para aplicar golpes


O trabalho de telemarketing, um dos principais meios de arrecadação de doações para entidades sociais, acaba ficando comprometido no final do ano. Isso acontece por causa da ação de golpistas, que se aproveitam e simulam fazer parte de alguma entidade. O golpe é praticado através do telefone. Para evitar esse tipo de situação, é necessário ficar atento.

No Lar dos Velhinhos, em Campinas, local que abriga 185 idosos, os gastos praticamente dobram neste período do ano. "Há um aumento porque fazemos algumas festas. Há também os presentes que compramos para os idosos, além do pagamento do 13º salário a 200 funcionários", justifica a coordenadora de telemarketing da entidade, Maria Lúcia Brasil.

Com o aumento das despesas nessa época do ano, a maioria das instituições intensificam as campanhas de Natal de várias formas. Porém, é pelo telefone que elas conseguem aumentar o número de colaboradores.

Mas é nesta época também que golpistas se aproveitam da situação. O diretor comercial de telemarketing de uma empresa de Campinas, Fábio Bisacchi, explica que a maioria dos operadores segue um mesmo padrão de abordagem ao telefone, e que as pessoas devem ficar atentas a isso. "É importante que a pessoa anote o nome de quem ligou e busque informações da empresa", orienta.

Além dessas precauções, há outros detalhes que devem ser observados. "Antes de entregar a doação, as pessoas devem verificar se o mensageiro que foi buscar a colaboração possui credencial e ver se há o nome e informações da empresa, além de solicitar sempre o recibo", esclarece a coordenadora de telemarketing Maria Lúcia Brasil.

Os operadores de telemarketing reclamam que, além da dificuldade natural em convencer as pessoas por telefone, os casos de golpes só atrapalham. "Geralmente as pessoas não querem ouvir o que temos para falar e nem visitar a instituição", afirma a operadora Luciana Helena Mariano.

No Hospital Infantil Boldrini, que é referência no tratamento de câncer infantil no país, 40% das doações são feitas através do serviço de telemarketing. "Um hospital com as características do Boldrini, que é filantrópico, depende da participação contínua da população", explica a presidente Silvia Brandalise.

A aposentada Wilma Morais diz que sempre gostou de ajudar, mas acredita já ter sido vítima de vários golpes. "Já aconteceu de os mensageiros que vinham buscar a doação dizerem que eram de determinada instituição e, depois, quando eu olhava o recibo, percebia que o endereço indicava uma outra cidade", conta.

Segundo o delegado Rui Pegolo, nos casos em que a pessoa receber um mensageiro dizendo ser de alguma instituição e ela desconfiar, a Polícia Militar deve ser acionada. "O suspeito será encaminhado ao distrito mais próximo, onde será feito um auto de prisão em flagrante, por crime de estelionato", explica.

O telefone da Polícia Militar no Estado é o 190. Há também o disque-denúncia, através do telefone 0800-156315.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 867 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal