Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

01/02/2014 - Mídia News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Detran suspende 7 autoescolas suspeitas de falsificação

Por: Lislaine Dos Anjos

Centros são acusados de facilitar a obtenção de habilitação no interior de MT.

A Corregedoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) suspendeu, cautelarmente, o credenciamento de sete autoescolas, suspeitas de facilitarem a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em parceria com funcionários da autarquia.

Os Centros de Formação de Condutores (CFCs) foram denunciados pela Polícia Civil durante a deflagração da Operação Fraus, em novembro passado.

A investigação, iniciada em 2011 e que envolve 39 cidades de Mato Grosso, Goiás e Tocantins, corre em segredo de Justiça.

As autoescolas envolvidas estão localizadas nos municípios de Araguaiana, Barra do Garças, General Carneiro e Pontal do Araguaia, tendo seus nomes divulgados no Diário Oficial que circulou na sexta-feira (31) no Estado (confira a lista no final da matéria).

De acordo com informações da assessoria da autarquia, a partir de agora, essas autoescolas estão proibidas de aceitar novos alunos.

Aqueles que já deram início ao processo para obter a CNH não serão prejudicados e podem dar continuidade às aulas e testes teóricos e práticos.

O corregedor do Detran-MT, Rubens Alves de Castro, aguarda o fim das investigações para decidir pelo descredenciamento ou não das autoescolas envolvidas.

Operação Fraus

A operação deflagrada pela Polícia Civil apontou a existência de um esquema de compra e venda de carteiras de motoristas, emitidas sem a realização de provas teórica e prática de direção.

O esquema também funcionava com a aprovação certa de candidatos quando se submetiam aos exames e ainda terceiros se passavam por candidatos para realização de provas.

Os candidatos pagavam valores variados entre R$ 600 até R$ 5 mil para obter o documento.

Confira abaixo a lista das autoescolas que tiveram o credenciamento suspenso e suas respectivas cidades:

- CFC General, em General Carneiro;
- CFC Garças, em Barra do Garças;
- Autoescola Xavante, em Barra do Garças;
- CFC Serra Azul, em Barra do Garças;
- CFC Aliança, em Araguaiana;
- CFC Dinâmica, em Araguaiana;
- CFC Dinâmica, em Pontal do Araguaia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 121 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal