Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

05/12/2007 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Microsoft e 12 países da América Latina desarticulam redes de pirataria


Autoridades do Brasil e de outros 11 países fizeram nesta quarta-feira a maior operação contra a pirataria de informática da história da América Latina, desarticulando dezenas de redes de falsificação de programas, informou a Microsoft.

Além do Brasil, as operações aconteceram em Argentina, Chile, Colômbia, El Salvador, Guatemala, México, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Uruguai, após seis meses de investigações.

As quadrilhas desarticuladas distribuíam cópias pirateadas pela internet e falsificavam alguns dos produtos mais populares da Microsoft, como os sistemas operacionais Windows Vista e Windows XP, Windows Server e as aplicações Office 2007 e Office 2003.

Foi a primeira ação coordenada de autoridades policiais e judiciais de países latino-americanos contra a pirataria. Na operação foram apreendidas 96 mil cópias dos produtos que correspondem a US$ 10,8 milhões em preços dos programas legalizados.

O diretor do setor antipirataria da Microsoft na América Latina, Juan Hardoy, disse que a operação levou ao desmantelamento "de 70 operações criminosas que se dedicavam à fabricação e à distribuição de produtos ilegais da Microsoft" e incluiu a identificação de várias fábricas piratas.

A América Latina é uma das regiões do mundo com maior índice de pirataria, segundo um estudo mundial divulgado em maio pela organização Business Software Alliance e pela consultoria IDC.

Os dados do relatório indicam que em 2006 a porcentagem de pirataria na América Latina ficou em 66% contra 35% da média no mundo. Hardoy estimou em US$ 3 bilhões as perdas anuais geradas pela pirataria de software na América Latina.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 236 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal