Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

13/12/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude em leilão de carros públicos do ES é descoberta e 4 são presos

Três pessoas são consideradas foragidas da Justiça, segundo delegado. Em 6 meses, polícia identificou mais de 100 carros leiloados no esquema.

A Polícia Civil desmontou, nesta sexta-feira (13), um esquema de fraude em leilões de carros públicos usados, pertencentes ao estado. Quatro pessoas suspeitas de envolvimento foram detidas nesta manhã. O homem considerado o "cabeça" do esquema é um ex-funcionário da Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger), que foi exonerado há seis meses e é considerado foragido da Justiça, segundo o delegado André Cunha. Até o final da manhã, a informação da polícia é de que, entre os quatro detidos, uma pessoa permanece presa, duas foram ouvidas e liberadas, e uma ainda vai prestar depoimento.

O 'cabeça' do esquema fazia parte da comissão responsável por leiloar os carros do estado. Em 2010, ele chegou a ser presidente do grupo e, dessa forma, ficava mais fácil para ele avaliar os veículos com preços bem abaixo do mercado, para serem comprados pela quadrilha e revendidos com lucro muito maior.

"Ele desviou, transferindo veículos de forma fraudulenta, inclusive utilizando documentação de pessoas já falecidas. Cerca de 15, 16 ou mais veículos eram arrematados por valores, aproximadamente, entre R$ 3 mil e R$ 5 mil. Nesse lote da venda final, o total de venda supera o valor de R$ 150 mil", disse o delegado André Cunha.

O esquema durou oito anos. Em seis meses de investigação, a polícia já identificou mais de 100 carros leiloados de forma fraudulenta. O homem apontado como 'cabeça' foi exonerado no início das investigações e é fugitivo da Justiça. Outras duas pessoas envolvidas no esquema também estão foragidas. Segundo a polícia, os dois arrematavam veículos nos leilões e comercializavam os carros.

Para a polícia, o esquema dependia da participação de funcionários do Departamento Nacional de Trânsito do Espírito santo (Detran-ES). "A investigação ainda não acabou, funcionários do Detran podem ser identificados e podem ser objetos de prisões, como outros integrantes dessa quadrilha podem ainda ser identificados. Prisões podem acontecer a qualquer momento", disse Cunha.

Nesta manhã, a polícia deteve o ex-chefe de licenciamento do Ciretran de Vila velha, que permanece preso; dois funcionários do Detran, que foram ouvidos e liberados; e outro servidor, que ainda vai rpestar depoimento nesta tarde. Segundo o delegado, dois integrantes da quadrilha morreram assassinados. A polícia já pediu mandado de busca e apreensão de todos os carros leiloados de forma fraudulenta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 177 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal