Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/12/2007 - Jornal da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF recebe denúncias contra crimes na internet diariamente

Por: Hedi Lamar Marques


O coordenador da operação, Ricardo Ruiz, disse que há alguns anos a Delegacia da PF em Uberaba recebe mensalmente centenas de informações relacionadas a crimes praticados via internet, não apenas fraudes em instituições bancárias, mas também crimes que violam a intimidade e a honra, inclusive no site de relacionamentos Orkut e no site de bate-papo conhecido como MSN. "Com base nestas informações, nós aprimoramos os métodos de investigação relacionados aos crimes cibernéticos, até chegar a esta quadrilha, a partir de prisões e flagrantes realizados em datas anteriores", explicou o delegado.

O promotor Carlos Valera, da Promotoria de Combate ao Crime Organizado, resumiu o que pensa sobre tantos jovens envolvidos nesta modalidade de crime: "Parece que vivemos uma crise de autoridade e de moralidade na sociedade brasileira, talvez estes jovens, premidos (pressionados) pelo sentimento de posse, pelo materialismo que campeia a sociedade contemporânea, vejam nesta modalidade um crime fácil de ser praticado e difícil de ser combatido. Mas queremos deixar claro que esta modalidade passa a ter uma atenção especial, não apenas do Ministério Público, mas das polícias como um todo".

Ao contrário do que muitos pensam, o computador hoje deixa sua marca por onde passa, através do chamado IP, e qualquer operação ilegal pode ser rastreada.

Valera adiantou que quase todos os presos na operação serão acusados de praticar furto mediante fraude, formação de quadrilha, quebra de dados telemáticos, quebra de sigilo bancário e corrupção de menores. As penas dos delitos, somadas e levando em conta as penas máximas, podem chegar a 30 anos de prisão.

No caso de réu preso, a PF tem dez dias para concluir o inquérito e remetê-lo à Promotoria de Combate ao Crime Organizado, a qual irá analisar a conduta de cada envolvido e oferecer a denúncia à Justiça. No início da noite de ontem todos foram conduzidos à penitenciária.

Hacker/cracker. Apesar de o termo hacker ser mais popularmente conhecido, os autores de crimes praticados pela internet na verdade são crackers, termo usado para designar quem pratica a quebra (ou cracking) de um sistema de segurança, de forma ilegal ou sem ética. A palavra foi criada em 1985, por hackers, em defesa contra o uso jornalístico do termo hacker, refletindo a forte revolta destes contra o roubo e vandalismo praticado pelo cracking.

Originalmente, o termo hacker surgiu na década de 50, para definir pessoas interessadas pela (então iniciante) era da informática. Essa definição diz que um "hacker" é uma pessoa que consegue "hackear", do verbo inglês "to hack". Define que "hack" é o ato de alterar alguma coisa que já está pronta ou em desenvolvimento, deixando-a melhor.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 266 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal